Com quatro meses do Distanciamento Controlado, RS está entre Estados com as menores taxas de mortalidade por Covid-19

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 8h.


0
Foto: Governo do RS

Se a taxa de mortalidade por conta do novo coronavírus reproduzisse a média nacional, o Rio Grande do Sul chegaria ao final de agosto lamentando mais de 6.600 óbitos. Passados cinco meses do primeiro registro de falecimento por Covid-19, ocorrido em 24 de março, e já 17ª semana de vigência do modelo de Distanciamento Controlado, o Estado apresenta uma das menores taxas do país: são 30 óbitos para cada grupo 100 mil habitantes, quando no Brasil a média está em 58 perdas na relação com o mesmo contingente populacional. Levantamento organizado pelo Comitê de Dados do governo gaúcho aponta que, no acumulado de registros, as medidas de enfrentamento da pandemia adotadas aqui ajudaram a preservar mais de 3.100 vidas na comparação ao que ocorreu na média nacional. Confrontando com a realidade de Estados como Rio de Janeiro e Ceará, onde a taxa de mortes por Covid-19 está acima dos 90 casos para cada 100 mil habitantes, a diferença ultrapassaria o patamar de 7.000 óbitos evitados. No cenário geral, apenas Paraná e Minas Gerais têm índices melhores que o RS. Fonte: Governo do Rio Grande do Sul


ouça o programa


Região de Lajeado volta para bandeira laranja e projeta retorno das aulas

Depois de questionar o número de pacientes internados em UTIs com doenças não associadas à Covid-19, a região de Lajeado teve a questão atendida e retornou para a bandeira laranja no programa de Distanciamento Controlado. O governo do Rio Grande do Sul divulgou o mapa definitivo da 18ª rodada na tarde desta segunda-feira (7), quando diminuiu o risco da região para a propagação da doença. Na sexta-feira (4), na divulgação do preliminar, o Vale do Taquari recebeu a bandeira vermelha. O maior impacto com o mapa definitivo será sob a educação. A aceitação do recurso tem interferência direta na volta às aulas presenciais, já que os critérios estaduais para a retomada dos encontros, apresentados pelo governo no dia 2 de setembro, colocam como obrigatório o cumprimento de duas semanas em amarela ou laranja. A região ficou habilitada para a volta das aulas presenciais a partir desta terça-feira (8), contudo, não há anúncio de retorno para a data. NR

Sedetur realiza a 1ª Jornada de Regionalização do Turismo com exemplos bem-sucedidos no Estado

A 1ª Jornada de Regionalização do Turismo, organizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo do Rio Grande do Sul (Sedetur), apresentou modelos já consagrados de regionalização, representados pelas regiões Costa Doce, Terras Encantadas, Uva e Vinho e Vale do Taquari. O evento ocorreu nessa quinta-feira (03), por videoconferência, e contou com as presenças do secretário Rodrigo Lorenzoni; da coordenadora e interlocutora regional do Programa Regionalização do Turismo (PRT), Débora Snel; e diversas entidades turísticas de todo o Rio Grande do Sul. Coordenado pela Sedetur, o Programa de Regionalização do Turismo do Rio Grande do Sul programou mais três encontros para este novo projeto, que serão realizados até o final deste ano. No dia 8 de outubro o assunto do encontro é Protocolos de segurança no RS: experiências bem-sucedidas no segmento do Turismo. Em 12 de novembro o tema será os Projetos para a retomada do Turismo no Rio Grande do Sul em 2021. Em 10 de outubro o assunto é sobre as regiões turísticas do Rio Grande do Sul e a preparação dos municípios para a atualização do Mapa Brasileiro do Turismo. Fonte: Governo do Rio Grande do Sul

Novo tremor de magnitude 6,6 é detectado no mar próximo à costa do Ceará

A Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) informou ter detectado a ocorrência de um tremor de magnitude 6,6 no mar, neste domingo (6). O epicentro do abalo, de acordo com a rede, fica a uma distância de 1.219 quilômetros a noroeste da cidade de Acaraú, no litoral do Ceará, e a 1.277 quilômetros ao norte de de Fortaleza. Os tremores foram detectados por todas as estações da rede oficial. Fonte: CNN

Farmacêutica faz acordo com governo australiano para fornecer vacina da Covid-19

A CLS Limitada, maior farmacêutica da Austrália, disse que assinou acordos iniciais para fornecer vacinas contra o novo coronavírus, se eles concluírem com sucesso os ensaios clínicos. A CSL disse que um acordo com o governo australiano cobre 51 milhões de doses de uma vacina que está sendo desenvolvida pela Universidade de Queensland. O fornecimento poderia começar em meados do ano que vem, de acordo com a empresa. A produção da vacina para apoiar os testes clínicos em estágio final está em andamento nas instalações de fabricação de biotecnologia da CLS em Broadmeadows, um subúrbio de Melbourne. Fonte: G1

TJ-RS adota retomada gradual também para bandeira vermelha

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul publicou resolução, nesta segunda-feira, que altera os critérios para retorno gradual das atividades presenciais. Com a modificação, municípios definidos como bandeira vermelha também vão adotar as diretrizes para retomada. Inicialmente, a resolução estava definida apenas para áreas em bandeira laranja. A alteração, assinada pelo presidente do TJ-RS, desembargador Voltaire de Lima Moraes, permitirá que mesmo cidades que voltaram à classificação mais severa tenham o retorno gradual. Fonte: Correio do Povo

Produção e apresentação: Júlio César Lenhard
Próxima edição: hoje, ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui