Com superlotação que passa dos 500%, UPAS de Porto Alegre atendem apenas casos graves

Com mais de 30 pessoas aguardando internação, unidade do bairro Bom Jesus registrava ocupação de 528,57% na manhã desta sexta-feira


0

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Porto Alegre, Lomba do Pinheiro, Bom Jesus, Cruzeiro do Sul e Moacyr Scliar, estão atendendo somente casos de maior gravidade. Quem procura o serviço das instituições de saúde é informado pelos servidores de que os locais estão superlotados e pedem que as pessoas procurem as unidades básicas de saúde, de preferência do seu bairro.

Na UPA da Bom Jesus, os profissionais de saúde informavam as pessoas que foram em busca de atendimento sobre a situação de lotação da unidade. Com sete leitos adultos, o Pronto Atendimento da Bom Jesus estava na manhã de sexta-feira com 37 pessoas em observação/internados, 37 em atendimento e 12 pacientes aguardavam para serem transferidos para uma UTI. Um total de 34 pessoas estavam aguardando por uma internação.

A ocupação no local atingiu 528,57%. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que a população deve evitar as unidades de Pronto Atendimento porque neste locais está sendo priorizado o paciente grave.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui