Com uma vítima e 300 pessoas evacuadas, HBB realiza mais um simulado de incêndio

Ação acontece anualmente, e neste ano foi inspirada em sinistro ocorrido em junho de 2021 no Hospital Pérola Byington, no Centro de São Paulo


0

Assim como ocorre todos os anos, o Hospital Bruno Born (HBB) realizou mais um simulado de incêndio nesta sexta-feira (29), no Centro de Tecnologia Avançada (CTA), no Centro de Lajeado. A atividade envolveu 100 profissionais entre Brigada de Incêndio da instituição, Corpo de Bombeiros, Samu, Departamento Municipal de Trânsito, Defesa Civil e SOS Unimed. A atividade envolveu 100 profissionais, e teve 300 pessoas evacuadas e uma vítima.

O engenheiro de segurança do trabalho do HBB e coordenador da atividade, Jônata Dall’Oglio Stacke, explica que o hospital sempre busca evoluir, seja no atendimento, seja em relação à segurança dos pacientes. “Quando falamos de segurança do paciente estamos falando num contexto geral”, destaca.

Ele explica que neste ano o case escolhido foi o sinistro ocorrido em junho deste ano no Hospital Pérola Byington, no Centro de São Paulo. “Vamos simular um incêndio no 10º andar, que foi um caso que aconteceu em um hospital em São Paulo neste ano, um principio de incêndio em um ar-condicionado”, conta. No ano passado a simulação foi semelhante ao sinistro ocorrido no Hospital Badim, no Rio de Janeiro, provocado por um curto-circuito no gerador de um dos prédios.

O secretário de Segurança de Lajeado, Paulo Locatelli, participou da ação, juntamente com o coordenador da Defesa Civil do município, Juliano Pedroso. Ele diz que é necessário atividades como essa para melhorar o tempo de resposta de momentos adversos. “Sabemos que o simulado é a forma prática de tratar uma situação que pode acontecer ou não acontecer, e neste simulado está previsto que haja várias frentes envolvidas, então o que precisamos é de, em uma forma conjunta, apoiar qualquer ação nesse sentido porque quanto mais treinarmos, melhor é a resposta”, comenta.

Veja o vídeo 

Pós simulado

O suposto incêndio teve inicio as 15h. O Corpo de Bombeiros de Lajeado foi acionado as 15h02. Equipes do hospital repassavam informações para a imprensa de 10 em 10 minutos. O caminhão dos bombeiros levou dez minutos para chegar no CTA. Toda a ação durou 37 minutos.

O sargento Oliveira, Leandro Madeira de Oliveira, avaliou de forma positiva o simulado e destacou o ótimo empenho e trabalho em conjunto de todos os órgãos. “O Corpo de Bombeiros, Samu e hospital mostraram mais uma vez uma sintonia muito grande na hora de fazer o combate ao incêndio e evacuação de uma vítima. O restante da evacuação foi feito pelos Brigadistas, e também foi com louvor”, ressalta.

Texto: Caroline Silva
jornalismo@independente.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui