Começa a sondagem de verificação de solo para construção da nova ponte da ERS-130 entre Lajeado e Arroio do Meio

Etapa consiste em coletar amostras do perfil geológico do leito do Forqueta. Com essas informações é definido o tipo fundação e o seu dimensionamento


0
Trabalho acontece no km 75 da ERS-130 entre Lajeado e Arroio do Meio, onde existia a ponte antiga (Foto: Gabriela Hautrive)

Começou nesta sexta-feira (21) a sondagem de verificação de solo para construção da nova ponte sobre o Rio Forqueta, no km 75 da ERS-130 entre Lajeado e Arroio do Meio. Ela será construída cerca de um metro acima da cota da enchente de maio, que levou a antiga ponte existente no espaço, conforme o diretor-presidente da EGR, Luis Fernando Vanacor. Por conta da chuva, o trabalho precisou ser interrompido, mas os trabalhadores permaneceram no local, aguardando dentro de um veículo, esperando que melhore as condições climáticas. Com a previsão de sol para este sábado (22), eles vão retomar os serviços.

Diretor-presidente da EGR, Luis Fernando Vanacor (Foto: Eduarda Lima)

Segundo Vanacor, está sendo feita as sondagens do perfil de solo e rocha do leito, tanto da margens do rio como também do leito do rio. “Essa etapa é importante, é uma sondagem, uma sonda rotativa, onde vai ser coletada amostras desse solo e do perfil geológico ali do leito do rio. Com essas informações é definida ali tanto o tipo de fundação como também o seu dimensionamento. Essa etapa ainda é uma etapa que faz a última etapa de definição da estrutura da ponte e, após isso, será definido todas as partes da ponte, as peças da ponte, para um segundo momento que seria propriamente dito a fabricação, tanto dos pré-moldados como também do início das fundações, da realização das fundações”, explica.

Depois disso é feito de fato o início na montagem das peças. “Na medida que for possível ali, em função das chuvas, já inicia também o processo de construção das fundações. Então são algumas etapas que vão ser geradas concomitantemente, mas ainda estamos na última, agora é a última fase de estudos que é as sondagens do perfil do terreno”, ressalta.

Mais sobre a obra

A assinatura do contrato para início das obras ocorreu no dia 5 de junho, em evento no Centro Administrativo de Contingência, em Porto Alegre. A nova ponte terá 150 metros de extensão e um dos lados contará com passeio de 1,5 metro. Isso foi dimensionado para possibilitar a duplicação da rodovia futuramente, caso aconteça.

O custo está estimado em R$ 14,05 milhões, e a previsão de conclusão é de seis meses. A obra será financiada com recursos próprios, provenientes da praça de pedágio da EGR. A ponte deve estar pronta até dezembro, antes do Natal.

Texto: Gabriela Hautrive
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui