Comissão que analisa impeachment de Marchezan quer concluir depoimentos antes da quarta-feira

Faltando menos de um mês para o fim do prazo, nem metade das testemunhas arroladas pela defesa do prefeito foram ouvidas em Porto Alegre.


0
Foto: Divulgação

A comissão que analisa o impeachment do prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Júnior (PSDB) na Câmara de Vereadores dá início a uma semana decisiva nesta segunda-feira. Restam 14 dias úteis antes do prazo final para a apreciação da denúncia – e, até agora, menos da metade das testemunhas de defesa prestou depoimento.

A oitiva do ex-secretário de Comunicação da Capital, Orestes de Andrade Júnior, está marcada para as 13h de hoje. Depois disso, o cronograma dos trabalhos é incerto – já que quatro dos nomes arrolados pelos advogados de Marchezan sequer foram notificados da data de seus depoimentos. Na última sexta-feira, a Justiça deferiu um agravo de instrumento favorável à Câmara, derrubando a medida cautelar imposta pela defesa do prefeito determinando que a Comissão Processante pedisse a liberação dos documentos solicitados pelos advogados do político. Com isso, todas as oitivas podem ser remarcadas.

Com isso, há a expectativa de que todas as testemunhas falem aos parlamentares até a quarta-feira. O prazo final para que a comissão entregue o parecer – favorável, ou não – à cassação do mandato de Marchezan é o dia 9 de novembro. Antes disso, além dos depoimentos, precisa ser marcada a defesa oral do prefeito.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui