Comissão vota pelo prosseguimento do processo do impeachment de Marchezan

Processo de impeachment foi aberto em razão do uso de recursos do Fundo Municipal de Saúde para o gasto com publicidade.


0
Foto: Anselmo Cunha / PMPA / CP Memória

A Comissão Processante da Câmara Municipal de Porto Alegre decidiu, por dois votos, dar prosseguimento ao processo de impeachment do prefeito Nelson Marchezan Júnior. Presidente do colegiado, o vereador Hamilton Sossmeier (PTB) acompanhou o relator, Alvoni Medina (Republicanos).

O vereador Ramiro Rosário pediu vista do processo, mas não foi considerado. Na prática, houve o início da instrução do rito do impeachment, que determinará os atos, diligências e audiências daqui por diante. Marchezan poderá se manifestar e a comissão emitirá um parecer final, pela procedência ou não da acusação. A partir de então, será solicitado ao presidente da Câmara a convocação para a sessão de julgamento. O processo de impeachment contra Marchezan foi aberto em razão do uso de recursos do Fundo Municipal de Saúde para o gasto com publicidade.

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui