Comitê Temporário para Enfrentamento dos Impactos Econômicos de Teutônia fecha ciclo e apresenta ações

Grupo de trabalho foi coordenado pela CIC Teutônia, com envolvimento de entidades e cooperativas, Poder Público Municipal e lideranças locais


0
Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (26) ocorreu a reunião de encerramento das atividades do Comitê Temporário para Enfrentamento dos Impactos Econômicos da covid-19 em Teutônia, constituído em março de 2021 com o objetivo de avaliar os impactos econômicos decorrentes das ações restritivas, motivadas pela pandemia, em toda extensão das atividades econômicas de Teutônia; definir ações de contingência para os setores econômicos, minimizando os impactos; e direcionar e acompanhar as ações de contingência, para garantir que sejam implementadas por grupos ou responsáveis diretos.

O trabalho foi coordenado pela CIC Teutônia, com envolvimento da sua Diretoria e vice-presidências do Comércio, da Indústria e de Serviços, entidades e cooperativas, Poder Público Municipal e lideranças locais. Com encontros regulares, os integrantes do Comitê planejaram e colocaram em prática inúmeras ações que vieram ao encontro das necessidades da classe empresarial teutoniense em tempos de pandemia.

Frutos a colher

“O Comitê desempenhou papel muito importante, oportunizou a apresentação de novas ideias a partir da reunião de pessoas de diferentes segmentos da sociedade. Muitas ações foram colocadas em prática e outras ainda serão. Com certeza vamos colher muitos frutos desse trabalho conjunto. Temos muito a agradecer a esses voluntários pela dedicação”, frisa o secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo, Délcio Barbosa. Entre as ações ainda previstas a partir das discussões levantadas no Comitê estão a busca por linhas de crédito e a implementação de mais incubadoras industriais em Teutônia.

Por um município e uma sociedade melhores

Com a atualização do estatuto da CIC, foi prevista a composição de comitês temporários, considerando cenários e demandas, não se limitando somente à Diretoria da entidade. Nesse contexto de oportunidade surgiu o Comitê Temporário para Enfrentamento dos Impactos Econômicos da Covid-19 em Teutônia.

“Para a CIC, enquanto entidade representativa, foi uma oportunidade diferenciada de desenvolvimento a partir do trabalho conjunto, com entregas muito importantes para o município. Foram diversos projetos desenvolvidos, como a antecipação da Campanha de Natal, o trabalho voltado ao microcrédito, inúmeras ações iniciadas e outras ainda por serem implementadas. Embora seja um comitê temporário, que possui início, meio e fim, as atividades contribuem para construir um município e uma sociedade melhores”, avalia o presidente da CIC, Airton Roque Kist, agradecendo ainda ao consultor Eduardo Bockel pela dedicação e metodologia utilizada.

Ações na prática

Ao longo de sete meses, foram realizadas 11 reuniões online do Comitê. Entre a ações desenvolvidas, destaque para plano de capacitação e consultorias, com curso voltado ao marketing e negócios digitais em tempos de pandemia, mobilizando duas turmas e 50 participantes; Plano de Alavancagem Empresarial, com mapeamento do Sebrae/RS quanto às necessidades das empresas e oferta de cursos de gestão do fluxo de caixa e capital de giro, marketing digital, identificação e acesso a novos mercados e modelagem de negócio; busca e divulgação de linhas de crédito, numa parceria entre CIC e Sicredi Ouro Branco, com cerca de 380 empresas utilizando o serviço, cujas operações ativas correspondem à uma carteira de aproximadamente R$ 18 milhões, dos quais R$ 11 milhões para investimentos; apresentação do programa Cidade Empreendedora pelo Sebrae; incentivo ao empreendedorismo, com estudo de linhas de crédito e visita ao Banco do Povo, em Santa Cruz do Sul; e campanhas de incentivo às compras locais, como a promoção “Teutônia 40 anos, premiação em dobro”, iniciada em agosto, uma das maiores da região com a participação de 159 empresas. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui