Comitiva de Bom Retiro do Sul discute instalação de pedágio e duplicação da RSC-287

Serão 204,5 km duplicados, nos dois sentidos, com investimentos previstos de R$ 2,7 bilhões, pelos próximos 30 anos


0
Foto: Divulgação

O prefeito Edmilson Busatto esteve na quinta-feira (23) em Santa Cruz do Sul, em uma reunião para avaliar e discutir o projeto de duplicação da RSC-287, assim como a instalação de uma nova praça de pedágio.

Participou da reunião Renato Bortoletti, diretor da empresa Sacyr Empreendimentos, responsável pelas obras na rodovia, com a comitiva de Bom Retiro do Sul, integrada pelo chefe de Gabinete, Leonardo Martins; os vereadores Diogo Antoniolli e João Batista Ferreira; e os munícipes Jonas Junqueira, Leon Leite e Mariana Martins.

A comitiva apresentou as necessidades da comunidade que será afetada pelas obras, como a instalação de retornos, pista lateral, entre outros dispositivos de segurança que não constam no projeto de concessão.

“Recebemos as demandas dos moradores para reivindicar melhorias no trecho que será duplicado no território de Bom Retiro do Sul. Solicitamos a empresa o projeto para que possamos avaliar as obras previstas, apontar adequações necessárias e reapresentá-las a empresa e a Agergs, para que a comunidade tenha mais tranquilidade e segurança para seus negócios e suas famílias”, relatou o prefeito Edmilson Busatto.

Sobre a concessão

A concessão da duplicação da RSC-287 foi assinada pelo governador Eduardo Leite em julho de 2021. Serão 204,5 km duplicados, nos dois sentidos, com investimentos previstos de R$ 2,7 bilhões, pelos próximos 30 anos. O grupo espanhol Sacyr foi o vencedor da licitação.

A previsão é que o trecho entre Tabaí e Santa Cruz do Sul seja duplicado no 6° ano de concessão. As praças de pedágio próximas a Bom Retiro do Sul serão nos Km 47 e 86. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui