Como a incerteza do comércio impacta no psicológico de empresários e funcionários

"O ser humano não consegue lidar muito bem com a incerteza", afirma Rafael Moreno


0
Médico psiquiatra Rafael Moreno (Foto: Arquivo / Rádio Independente)

No quadro “Direto Ao Ponto” desta segunda-feira (22), o médico psiquiatra Rafael Moreno abordou como as incertezas relacionadas ao comércio, atividade atingida com pesadas restrições em função da pandemia de coronavírus, afetam os empresários e funcionários.

Moreno reconhece que “não é o fato do comercio estar aberto que vai dar o problema, é o fato da população em geral que está se descuidando”, sobre as medidas de distanciamento social, uso de máscara e higiene. “A gente vai precisar que essas pessoas que não estão seguindo os protocolos, que elas se comportem”, ressalta.


ouça o quadro

 


De acordo com o profissional, “o ser humano não consegue lidar muito bem com a incerteza, isso faz com que a ansiedade aumente”, observa. “Se a ansiedade perdura por muito tempo podemos ter a depressão, ou a até mesmo o suicídio, quando a desesperança bate no indivíduo”, diz ele, sobre os casos mais extremos. “É um grande problema que a gente está enfrentando, e que está só começando”, alerta.

Para o médico psiquiatra, é preciso democratizar o acesso à saúde mental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui