Como estão os preparativos da Justiça Eleitoral em Lajeado para as eleições do próximo domingo

Conforme promotora, os principais problemas que ocorrem são boca de urna e o transporte irregular de eleitores.


0
Promotora eleitoral da Comarca de Lajeado, Ana Emilia Vilanova (Foto: Rodrigo Gallas)

A promotora eleitoral da Comarca de Lajeado, Ana Emilia Vilanova, falou sobre a preparação da Justiça Eleitoral para o pleito do próximo domingo (15). Ela também deu orientações do que os candidatos podem e não podem fazer nas eleições.

Conforme ela, a Justiça Eleitoral, Ministério Público e os órgãos de segurança Justiça tem feito reuniões preparatórias sobre como coordenar esforços para as fiscalizações. “A 29ª Zona Eleitoral é bem grande. São oito municípios, com numero significativo de eleitores e muito significativo de candidatos”, nota. Ela reconhece que o cenário é mais acirrado em municípios menores.


ouça a entrevista

 


 

Para Ana Emília, este ano, devido à pandemia e a novas regras eleitorais, as campanhas têm se desenvolvido de forma completamente diferente se comparado a anos anteriores. Ela observa pouca atividade de rua, somente poucos carros adesivados e bandeiras hasteadas.

A promotora diz que os principais problemas que ainda ocorrem são boca de urna, que em 2016 teve um candidato detido em Lajeado por isso, e o transporte irregular de eleitores. “Infelizmente, isso ainda acontece. Por isso, a gente elaborou uma estratégia de como vamos fiscalizar”, diz ela, sobre os procedimentos em prisões em flagrante e lavratura de ocorrências e termos circunstanciados.

O que pode e não pode

É vedada a distribuição de propaganda eleitoral e realização de comícios no dia das eleições. Os candidatos, partidos e coligações não podem transportar eleitores um dia antes, no dia e um dia após o pleito.

O eleitor pode votar com botom ou camisa de candidato, desde que seja discreto. Ele também pode se dirigir à sessão eleitoral com carro adesivado, porém, o veículo não pode ficar estacionado por tempo demasiado no local de votação.

As urnas ficam abertas das 7h às 17h, uma hora a mais em função da pandemia de coronavírus. Das 7h às 10h, a prioridade é para idosos. O eleitor deve usar máscara e manter distanciamento nas filas, além de levar a sua caneta como medidas de proteção à Covid-19.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui