Como manter sua equipe engajada?

Recomendo três aspectos que devem anteceder a contratação e mais três que devem ser mantidos ao longo da jornada


0
Gustavo Bozetti, diretor da Fundação Napoleon Hill e MasterMind RS, no quadro Direto ao Ponto (Foto: Tiago Silva)

Talvez essa seja a pergunta que mais vezes já me fizeram. Algumas pessoas acreditam que construir uma equipe engajada na busca por resultados é um fato isolado, que deve ser abordado de quando em quando. A realidade é bem diferente disso. Manter uma equipe engajada e motivada na busca por melhores resultados requer constância e pulso firme.

Recomendo três aspectos que devem anteceder a contratação e mais três que devem ser mantidos ao longo da jornada. Antes de contratar, devemos ter clareza sobre o que esperamos daquele profissional, fazendo um processo bem detalhado na hora da contratação. Criar categorias de acesso para entrar na sua empresa sempre é um fator importante. O segundo ponto é tomar cuidado com as expectativas. Importante sempre haver um equilíbrio. Se a pessoa espera demais da empresa, ela não fica. O mesmo acontece com as empresas que esperam demais das pessoas. Elas não ficarão com quem não atende os anseios da empresa. O terceiro aspecto que deve ser observado antes de a empresa efetuar a contratação é ter um plano de carreira. Se o profissional que está entrando fizer o seu melhor, até onde ele pode chegar? Qual o caminho ele pode percorrer?

Estes são aspectos que fazem a diferença na motivação do profissional que está entrando. Já durante a jornada do colaborador, existem outros três pontos importantes que devemos observar. O primeiro deles é a clareza que as pessoas têm sobre a visão da empresa. Onde a empresa quer chegar? Quais são suas metas? E se a empresa chegar lá, o que cada pessoa ganhará com isso? Quando as pessoas sabem qual será a recompensa individual se a meta coletiva for atingida, elas se engajam mais na busca destes resultados.

O segundo aspecto é ter os indicadores de desempenho apropriados e monitorados constantemente. Pessoas que não sabem quanto precisam produzir no período, acabam perdendo tempo com coisas que sequestram o tempo. E quando falamos sobre indicadores de desempenho, devemos levar em conta que, com criatividade, tudo pode ser medido.

O terceiro aspecto que faz a diferença no engajamento das pessoas nas empresas são os programas de retenção de talentos e de premiações. Funcionário do mês, participação por resultado, distinção por performance, elogios em público acabam extraindo o que as pessoas têm de melhor para oferecer. Mas quem é responsável por isso tudo nas empresas? São, especialmente, os líderes. Alguns empresários acreditam que isso é apenas tarefa do RH, mas não é. É uma tarefa de todos que querem fazer da empresa uma empresa de sucesso, em especial, dos líderes.

Aspectos como estes serão amplamente debatidos no SegHill 2022, um grande evento promovido pelo MasterMindRS que contará com grandes nomes do empreendedorismo nacional. Se quiser melhorar seus resultados, esteja conosco no SegHill 2022. Forte abraço e até a vitória, sempre.

Gustavo Bozetti (@gustavobozetti), diretor da Fundação Napoleon Hill e MasterMind RS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui