Companhia de Ópera do RS fará apresentação em Lajeado com participação de artista do Vale do Taquari

Angela Diel nasceu em Lajeado e viveu parte de sua infância em Cruzeiro do Sul. Espetáculo “Uma Noite na Ópera" acontece na próxima quinta-feira (7), no Teatro do Ceat


0
Apresentação contará com oito cantores e com uma narrativa (Foto: Adriana Marchiori / Divulgação)

A Companhia de Ópera do Rio Grande do Sul (Cors), cooperativa de artistas da cena lírica gaúcha, criada para fomentar o gênero artístico no Estado, chega a Lajeado na quinta-feira da semana que vem, dia 7 de julho, para um concerto especial no palco do Teatro do Colégio Evangélico Alberto Torres (Ceat). Intitulado de “Uma Noite na Ópera”, o espetáculo trará alguns dos principais cantores líricos gaúchos interpretando trechos de clássicos da ópera mundial, como Carmen, de Georges Bizet, Tosca, de Giacomo Puccini, e La Traviata, de Giuseppe Verdi, entre outros.


ouça a reportagem

 


O grupo formado por oito artistas conta com a participação da lajeadense Angela Diel com a voz meio-soprano. A cantora nasceu em Lajeado e viveu parte de sua infância em Cruzeiro do Sul, mas atualmente residente em Porto Alegre. Ela conta que sua trajetória começou em uma escola municipal na localidade de São Rafael, em Cruzeiro do Sul: “Cantando em festas, aprendi a tocar violão, e depois fiquei vagando por várias, Frederico Westphalen, Palmitinho, Três Passos, Tenente Portela, até parar em Porto Alegre, onde fiz universidade, em Música e Direito, e exerci ambas. Tenho uma carreira já como cantora lírica há muitos anos, mas antes disso cantava no Coral 25 de Julho de Porto Alegre”, relata.

No palco do Ceat, Angela Diel estará acompanhada de Rosimari Oliveira (soprano), Flávio Leite (tenor), Eduardo Bighelini (tenor), Daniel Germano (baixo-barítono), Lazlo Bonilla (tenor) e a soprano japonesa, Eiko Senda. Eles interpretam o repertório de árias, duetos e quartetos acompanhados do pianista Eduardo Knob. A direção cênica é de Laura de Souza, preparadora vocal e consagrada cantora brasileira de carreira internacional. Angela conta que em outras oportunidades já cantou em Lajeado, como no Teatro do Sesc e seguidamente na região com o espetáculo A canção brasileira.

Desta vez, ela conta que serão oito cantores com uma narrativa: “Contando um pouco da história de cada ópera, mesmo que a gente cante em Alemão e Italiano, ou outras línguas, o público vai entender porque é contada uma pequena história. Teremos o uso do piano do Teatro Ceat que é lindo, maravilhoso, aliás, parabéns por Lajeado ter um teatro lindo, menor, mais aconchegante que dê para fazer esse tipo de concerto”, explica.

Companhia de Ópera do RS foi lançada oficialmente no dia 26 de abril deste ano (Foto: Adriana Marchiori / Divulgação)

Os ingressos para o espetáculo possuem valores que variam entre R$ 15 e R$ 60 e estão disponíveis em sympla.com.br. A partir das 14h do dia da apresentação também haverá venda de ingressos na bilheteria do local.

O Teatro do Ceat possui capacidade para 540 pessoas. A construção faz parte do prédio novo do colégio, inaugurado em 2013. Com área total de 1.173 metros quadrados, segue os moldes das grandes casas de espetáculo do Brasil. O palco foi todo executado em estilo italiano, com área total de 92,5 metros quadrados, tendo altura de boca de cena de 6 metros, largura de 9,7 metros e profundidade de 6,25 metros, enquanto o espaço para as apresentações possui uma área de quartelada com 25 peças removíveis, além de um elevador de orquestra com 25 metros quadrados. A construção conta com foyer (inferior e superior) com 120 metros quadrados para recepção do público e um backstage que comporta três camarins, dois deles individuais e um coletivo, com capacidade para receber até dez pessoas.

Companhia de Ópera do RS

A Companhia de Ópera do RS (Cors) foi lançada oficialmente no dia 26 de abril deste ano, em gala lírica que lotou o Theatro São Pedro de Porto Alegre. O primeiro título montado pela Companhia, Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni (1863-1945), já foi apresentado em três cidades gaúchas e seguirá em turnê pelo Estado neste ano. Em paralelo, a recém lançada Cia já está finalizando sua próxima montagem, A Flauta Mágica, de Mozart, que também será exibida em escolas e teatros da capital e do interior ao longo do segundo semestre de 2022.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui