Comunidade conhece novo transporte público de Lajeado

Ônibus da Expresso Azul foram apresentados na tarde desta quarta-feira (20). Operação começa dia 22 de junho, com 5% de redução no preço da passagem.


0
Pesquisa de 2018 apontou que dez mil pessoas utilizam o serviço por semana (Foto: Natalia Ribeiro)

Frota nova, bilhetagem eletrônica e redução de 5,3% no preço da passagem são algumas das mudanças a serem percebidas pelos usuários do transporte público de Lajeado a contar do dia 22 de junho, data em que a Expresso Azul S/A assumirá a execução dos itinerários urbanos no município. O que já foi conhecido pela comunidade, contudo, são os ônibus que passarão a circular nas ruas. Parte dos carros foi apresentada na tarde desta quarta-feira (20), no Parque Professor Theobaldo Dick.

Serão 34 carros, sendo nove novos. A idade média é de 5 anos e 11 meses. Todos têm acessibilidade e 24 contam com elevador para cadeirante. Quatorze estão equipados com ar-condicionado. Haverá sistema de bilhetagem, com a utilização de créditos em um cartão próprio substituindo o pagamento em dinheiro. A tarifa será de R$ 3,93, contra os atuais R$ 4,15. Os veículos têm cor branca e uma faixa azul celeste nas laterais, com o nome “Cidade de Lajeado”. Parte das mudanças era exigida em edital.

A Expresso Azul, empresa de Bento Gonçalves, na Serra gaúcha, venceu a licitação do transporte público de Lajeado em janeiro de 2020. O contrato, assinado em fevereiro, tem vigência de dez anos – que podem ser prorrogados pelo mesmo período. Antes do prefeito Marcelo Caumo (PP), três prefeitos tentaram licitar o serviço, mas tiveram o processo barrado pela Justiça. Por isso, e também pelas mudanças a serem praticadas no transporte, Caumo diz que “é um momento de grande satisfação. Era uma demanda muito antiga da comunidade de Lajeado”.

Há pelo menos 20 anos duas empresas de Lajeado realizam o transporte por meio de concessão. Elas terão de fazer a transição com a Azul até 22 de junho, quando o exercício começa efetivamente. Sócio proprietário da Expresso Azul, Pedro Guarnieri, que esteve na apresentação dos ônibus, garante que o objetivo do grupo é oferecer um serviço de qualidade. “Esperamos ir no passo certo e oferecer para a comunidade o que ela tanto almeja, que é um bom transporte. É a nossa obrigação”.

A apresentação dos ônibus, todos novos, foi restrita às autoridades locais e à imprensa, para evitar a aglomeração de pessoas. Mesmo assim, alguns que passavam pelo parque no momento pararam para admirar os novos carros. É o caso de Elen Cristina dos Santos, 24 anos, que faz uso do transporte público. Ela gostou do que viu. “Gostei bastante, pois mudou. Tem ar-condicionado e é bem bonito”, falou. Junto dela estava Alan Batista dos Santos, 29, que aprovou a novidade. “Interessante, porque são padronizados. Tem ar-condicionado e acessibilidade. Agradou”.

Prefeito Caumo, vice Gláucia e sócios proprietários da Azul Fábio Tonilo e Pedro Guarnieri (Foto: Natalia Ribeiro)

Coordenador do Departamento de Trânsito de Lajeado Vinícius Renner destacou que o momento é único na história do município e ainda que ele traz responsabilidades, tanto para o Executivo, que contrata o serviço, quanto para a Azul, que o executa. “Um momento histórico em que conseguimos dar uma nova dimensão ao transporte público de Lajeado. A licitação trouxe garantias e deveres para todos”.

Durante o primeiro ano, haverá uma espécie de pesquisa para avaliar a opinião do usuário e a satisfação com o que será ofertado. Caumo explica que serão “diversos estudos de rotas, de quantidade de passageiros, de fluxo, de bilhetagem eletrônica, de integração de passagens e de aplicativo”. O prefeito acredita que a tendência é de aprimoramento no serviço entregue à comunidade. “Começamos com os ganhos de renovação da frota, passagem reduzida e no ano seguinte trazemos inovações”.

Por conta da pandemia foi adiada a troca de empresas. Inicialmente era prevista para o fim de março. Ainda em decorrência da Covid-19 será mantida a redução momentânea nas linhas, para evitar a circulação de pessoas. Horários específicos para os idosos também terão sequência. Uma novidade será a disponibilidade de horário para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Bairro Moinhos d’Água.

Vales-transporte das atuais prestadoras poderão ser convertidos e utilizados na Azul. A empresa terá, nos próximos dias, uma sala para atendimento ao usuário na Rua João Abott, no Centro de Lajeado. No local poderão ser feitos cartões da bilhetagem eletrônica e cadastrados os idosos e estudantes, que têm isenções e descontos.

Texto: Natalia Ribeiro

jornalismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui