Comunidade espera trabalho e seriedade da Câmara de Vereadores, afirma Fornari

“Não adianta nós ficarmos lá batendo boca”, afirma o vereador de primeiro mandato, eleito para presidir a Casa em 2021.


0
Foto: Tiago Silva

Engenheiro concursado da Prefeitura de Lajeado, com 33 anos de vida pública e após ocupar diversos cargos no Poder Executivo — tanto em Lajeado como em outros municípios da região —, Isidoro Fornari Neto conseguiu se eleger pela primeira vez para a Câmara de Vereadores, com 1.513 votos nas eleições de 15 de novembro. Logo em seu primeiro mandato, o político do PP vai presidir o legislativo de Lajeado.

Seu nome foi uma construção de consenso do partido com a base aliada do governo Marcelo Caumo e da oposição. “Se é para aprender, que seja logo”, diz ele, ao ressaltar que terá como vice-presidente Heitor Hoppe (PP), que já conduziu os trabalhos da Casa em uma oportunidade.


ouça a entrevista

 


Até conseguir a cadeira, Fornari já havia concorrido duas vezes, uma para a Câmara de Lajeado e uma vez a deputado estadual. Ele reconhece que nestas duas eleições as candidaturas não estavam bem preparadas e organizadas. “Fizemos para somar”, admite. Agora, o progressista ressalta que teve uma estrutura melhor.

Ajudou o trabalho como coordenador de Projetos Especiais e Captação de Recursos durante os quatro anos no Governo Caumo. Nesta função, Fornari participou ativamente de processos, como a articulação para trazer uma loja de departamentos da Havan para Lajeado. Conforme ele, o terreno, na entrada da cidade, está comprado e a empresa realiza sondagens da área para iniciar a obra. O engenheiro lembra ainda a instalação de uma franquia do McDonald’s e a duplicação da BR-386 entre as discussões que teve participação ativa representando o Executivo de Lajeado.

Fornari classifica como “um desafio novo”, agora, exercer a função de vereador. Ele destaca seu conhecimento da administração para falar sobre o aprendizado que terá neste novo ambiente. O progressista percebe um anseio da comunidade para que a Câmara demostre trabalho, agilidade e harmonia para avançar nos projetos necessários.

Como presidente da Casa, ele promete diálogo permanecente com a oposição. “Terminada a eleição, a nossa pretensão é que, a partir de agora, o partido da Câmara de Vereadores seja Lajeado”, defende Fornari. “Os interesses têm que ser em comum para o bem de Lajeado, não de um partido ou de outro. Não adianta nós ficarmos lá batendo boca”, percebe. “O que a comunidade espera é trabalho e seriedade da Câmara de Vereadores.”

Fornari é um defensor da renovação na política, e defende que os políticos busquem somente uma reeleição para oxigenar as discussões, com novas ideias e práticas. “A renovação precisa existir, porque novas ideias precisam ser trazidas para a área pública.”

Além do trabalho como vereador, Isidoro Fornari permanecerá na Prefeitura de Lajeado, como concursado. Ele permanece na área de projetos e captação de recursos, porém, sem a função gratificada (FG) de coordenador, pois não pode acumular com as atividades de legislador. Na administração municipal, o engenheiro pretende dar seguimento a projetos que incluem a viabilização de uma nova ponte ou duplicação da atual sobre o Rio Forqueta, entre Lajeado e Arroio do Meio, e a edificação de uma elevada sobre a ERS-130, próximo à BRF, em Lajeado.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui