Conheça a história da localidade de Três Saltos Baixo, com muitos atrativos para te encantar

Entre vales, montanhas e o Rio Forqueta, situa-se Três Saltos Baixo. A pequena localidade está situada à dez quilômetros da sede do município de Travesseiro


0
Entre os atrativos a pinguela sobre o Rio Forqueta (Foto: Alício de Assunção)

Entre vales, montanhas e o Rio Forqueta, situa-se Três Saltos Baixo. A pequena localidade está situada a dez quilômetros da sede do município de Travesseiro, à beira da estrada que liga a Picada Felipe Essig, Linha São João e Barra do Fão. Uma boa parte desse trajeto já está pavimentado com asfalto. O nome se originou a partir da existência de três quedas d’água situadas no arroio que corta a localidade e desemboca no Rio Forqueta. Portanto, um pouco acima estão Três Saltos Médio e Três Saltos Alto.

Colonizada por imigrantes alemães por volta de 1880, são lembrados nomes de pioneiros como João Rodrigues, Leopoldo Vanderer, Reinoldo Stefler e Leopoldo Fuchs. O local teve seu auge de desenvolvimento na década de 1940. Na época existiam três casas comerciais, dois açougues e matadouros, fábrica de botas, cervejaria e serraria que atendiam toda a região. Alberto e Elsa Ritter eram proprietários de uma serraria. Na época, cerca de trezentas pessoas habitavam o local. Hoje a Casa Comercial Rockembach é o ponto de encontro e de abastecimento de produtos de primeira necessidade.

Cerca de 150 pessoas residem em Três Saltos Baixo, entre elas as famílias Haubert, Closs, Schneider, Fuchs, Rochenbach, Andersen, Relly, Ritter, Egevard, Horbach, Walter, Deicke, Mayer, Gross, Hertal, Veruck e Niland. O imponente prédio da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) marca a religiosidade dos moradores. Os bailes de Kerb e os encontros de corais agitam a vida social da localidade. Entre os fatos marcantes da comunidade estão as enchentes do Rio Forqueta de 1919 e de 4 de janeiro de 2010, consideradas as maiores.

O turismo também movimenta a pequena comunidade, como a pinguela sobre o Rio Forqueta e o empreendimento Sítio Cavaterra. Para quem desejar visitar Três Saltos, o caminho mais fácil é pegar a BR-386 em Lajeado, seguir até Marques de Souza, tomar a estrada até Travesseiro. Passando a ponte sobre o Rio Forqueta, entrar à esquerda, passando pela Picada Fellipe Essig, seguindo mais seis quilômetros.

Texto Alício de Assunção
turismo@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui