Cooperativa de Manutenção e Transporte Teutônia apresenta crescimento de 12% no faturamento em 2021

Comatra prestou contas aos associados em assembleia presencial


0
Foto: Divulgação

“É uma grande alegria poder rever os associados. Em 2019 realizamos nossa última assembleia convencional em virtude da pandemia. Três anos depois podemos nos reunir de forma presencial novamente, é gratificante poder apresentar como está a cooperativa dos associados”, destacou o presidente da Cooperativa de Manutenção e Transporte Teutônia Ltda. (Comatra), Werner Wiebusch, na abertura da Assembleia Geral Ordinária realizada na noite de 18 de março, na Comunidade Evangélica Martin Luther, em Teutônia.

A ordem do dia contou com prestação de contas do exercício de 2021, compreendendo relatório da gestão, balanço geral, demonstrativo de sobras e plano de trabalho para o exercício 2022; destinação do resultado do exercício e retenções; eleição dos membros do Conselho Fiscal, entre outros assuntos de interesse do quadro social.

Foto: Divulgação

Crescimento apesar do cenário adverso

Wiebusch falou das consequências da pandemia, que provocou “mudança brusca e muito grande na vida de todos, dois anos de dificuldades econômicas, de incertezas e aumento de preços”. Por outro lado, se disse esperançoso e que “lentamente vamos voltar ao convívio com o qual estávamos acostumados”.

Reiterou que a Comatra segue cumprindo seu papel como cooperativa. “Nosso faturamento, apesar de tudo, cresceu nos últimos anos, embora o resultado não tenha acompanhado o mesmo índice do faturamento”, disse, lembrando que em 2022 a Cooperativa completa 30 anos de fundação.

O presidente também se mostrou preocupado com as consequências da guerra entre Rússia e Ucrânia. “É mais um momento crítico, que só faz aumentar a instabilidade econômica mundial. Da noite para o dia nos deparamos com o aumento do diesel, o que afeta diretamente a atividade dos nossos associados.”

Prestação de contas

A diretora-secretária Marli B. A. Menegussi conduziu a prestação de contas. Também trouxe números gerais do cooperativismo brasileiro e gaúcho, com destaque para indicadores do ramo de transportes. Especificamente em Teutônia frisou as 322 empresas ativas na ANTT, das quais duas cooperativas, 154 empresas e 166 transportadores autônomos. A Comatra alcançou 558 associados no último exercício.

Entre outros números, destaque para o crescimento do faturamento bruto em 12,4%, alcançando R$ 25,2 milhões em 2021; e a evolução do patrimônio da Comatra, que dobrou em cinco anos.

O diretor-superintendente Martim Rhein mencionou a distribuição de sobras entre os associados desde 2005, que nesse período somam mais de R$ 4,6 milhões “em recursos na mão dos associados, valor que contribui para o desenvolvimento econômico local e regional. Isso é resultado do trabalho realizado, mérito dos associados”.

Destinação das sobras

A destinação das sobras colocadas à disposição da assembleia foi de R$ 380 mil, com os associados aprovando por unanimidade a proposta de que 90% desse valor seja distribuído proporcional à prestação de serviços de transporte durante o ano de 2021 entre os integrantes do quadro social; e que os 10% restantes sejam destinados à reserva para desenvolvimento econômico da Cooperativa. O pagamento das sobras aos associados será realizado no dia 04 de abril.

Eleição

Com apenas uma chapa inscrita, ocorreu a renovação de dois terços do Conselho Fiscal, que passa a ser composto pelos membros efetivos Nilson Juliano Dick, Martin Leandro Stahlhofer e Valdir Antônio Pletsh, tendo como suplentes Alexandre Hollmann, Régio Vandré Rutz e Marcelo Tiggemann. AI/VM

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui