Coordenador de engenharia da CCR ViaSul confirma cronograma de duplicações na BR-386

“São obras impactantes, buscando proporcionar maior segurança e conforto aos usuários”, afirma Fábio Hirsch, coordenador de engenharia da concessionária.


0

Com contrato em vigor desde ano passado, a CCR ViaSul realiza durante os próximos dias serviços de recuperação de pavimento na BR-386, em Lajeado. As obras serão efetuadas entre os quilômetros 342 (proximidades da Unidade Operacional da PRF, em Lajeado) e 332 (Marques de Souza).


OUÇA A ENTREVISTA


Fábio Hirsch (Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação)

“São obras impactantes, buscando proporcionar maior segurança e conforto aos usuários”, declarou o coordenador de engenharia da concessionária, Fábio Hirsch, em entrevista ao programa Redação no Ar desta terça-feira (11). Segundo ele, a CCR ViaSul pretende recuperar mais de 150 quilômetros de pavimento ainda em 2020. “No segundo ano de concessão, temos o compromisso de fazer a recuperação do pavimento”, reitera o responsável enfatizando a importância das melhorias na capacidade da rodovia conhecida como ‘estrada da produção’.

Hirsch ressalta que além das equipes que seguem atuando no cronograma de restauração, outros colaboradores atuam em segmentos de menor extensão, realizando restaurações pontuais. “Ao todo, são mais de 180 colaboradores atuando na recuperação da rodovia”, estima. “A concessionária está bem estruturada para cumprir o contrato concessão e frentes atuantes”, conclui.

De acordo com o coordenador, mesmo com a crise provocada pelo coronavírus, o processo para a duplicação de 20 quilômetros entre Lajeado e Marques de Souza está confirmado. O trabalho deve iniciar em janeiro, com duração de dois anos.

Fábio destaca o investimento por parte da concessionária nas bases operacionais. A CCR ViaSul disponibiliza 14 Bases de Serviços Operacionais, onde ficam dispostos os veículos indispensáveis ao atendimento das ocorrências e os usuários têm à disposição, 24 horas por dia, atendimento de emergência médico e mecânico, inspeção permanente de tráfego, solicitação de informações, entre outros serviços que podem ser acionados por meio do Disque CCR Viasul 0800 000 0290.

Ao final da entrevista, o coordenador foi questionado por ouvintes da Rádio Independente, sobre a dificuldade de acesso, devido às obras do pedágio da CCR em entorno do pedágio, em Paverama. Hirsch afirma que a empresa segue uma determinação do contrato com o Dnit. “A concessionária não pode permitir nenhum acesso à rodovia 1 km antes ou depois de qualquer praça de pedágio, posto policial, ou balança de pesagem”, explica.

De acordo com o coordenador, até o momento, a empresa não tem conhecimento de usuários que não possuem acesso ou estejam impedidos de ir e vir. Conforme ele, em um período de 90 dias, várias situações de vias locais estarão resolvidas.

Texto: Jonas de Siqueira
web@independente.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui