Coordenador do Departamento de Trânsito defende instalação de lombadas eletrônicas na Avenida dos Ipês, em Lajeado

Para reduzir problemas de alta velocidade e acidentes na via do Bairro Montanha, a prefeitura estuda alternativas


0
Coordenador do Departamento de Trânsito, Vinícius Renner (Foto: Tiago Silva)

A Avenida dos Ipês, do Bairro Montanha em Lajeado, recentemente asfaltada, já teve dois graves acidentes. Nesta terça-feira (21), um motociclista chegou a ser projetado a 50 metros do local da colisão com uma caminhonete. Já em 28 de maio houve a colisão de uma moto contra um poste, resultando na morte do motociclista de 23 anos.

Para reduzir esses problemas, a Prefeitura de Lajeado estuda alternativas. O coordenador do Departamento de Trânsito, Vinícius Renner, espera que seja definida uma solução paliativa até a sexta-feira (24).


ouça a entrevista

 


Foto: Ilustrativa

Renner defende a instalação de lombadas eletrônicas na Avenida dos Ipês. Se essa for a definição e der certo, o coordenador destaca que ela pode ser estendida a outros pontos da cidade. Ele diz que a velocidade permitida nessa via deve ficar entre 40 e 60 km/h, dependendo do trecho.

Para o responsável pelo Departamento de Trânsito, é preciso coibir a causa (a alta velocidade) e não a consequência dos acidentes. Renner destaca que é necessário ter cuidado para que Lajeado não vire a cidade do quebra-molas, o que seria uma punição a todos os motoristas, e não somente aos infratores.

O coordenador sustenta que os quebra-molas prejudicam os veículos, causam desgaste nos ônibus e atrasos nos serviços de emergência, com a dificuldade de chegada para bombeiros, Samu e a polícia. “Não existe outra forma, infelizmente”, aponta, ao defender os controladores de velocidade.

“99,9% das pessoas seguem o código, a sinalização e são corretas. Mas quando tu fala de colocar o radar fixo, uma grande maioria desses 99% pula para defender o infrator”, lamenta, sobre o nível do debate e da oposição que há nesses redutores.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui