Copa do Brasil conhece datas e modelo de disputa em 2022; final será em outubro

Confira as informações correspondentes do meio-dia


0

A corrida pelo título da Copa do Brasil 2022 ganhou oficialmente data no calendário de 2022. A CBF divulgou o regulamento da competição, que começará nos dias 23 e 24 de fevereiro, datas reservadas pela entidade para a realização de parte dos jogos da 1ª fase. O grande campeão será conhecido no dia 19 de outubro, quando será realizado o confronto de volta da final. Os brasileiros que disputarão a Libertadores entram em ação na Copa do Brasil a partir da 3ª fase. A CBF detalhou o calendário da Copa do Brasil e reservou os dias 23 e 24 de fevereiro e 2 e 3 de março para o confronto dos 80 clubes que farão a fase de abertura do torneio. Em comunicado enviado às federações, a CBF estipulou o dia 4 de janeiro como data limite para a confirmação dos clubes locais que serão inscritos no torneio. G1

Secretária da Saúde diz ao STF que vacinação de crianças contra covid-19 é segura

A secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid do Ministério da Saúde, Rosana de Melo, enviou uma nota técnica ao Supremo Tribunal Federal (STF) afirmando que a vacinação em crianças de 5 a 11 anos é segura. O posicionamento faz parte da resposta cobrada pela Corte sobre a estratégia de imunização para esse público e diverge dos posicionamentos públicos do presidente Jair Bolsonaro quanto à estratégia de imunização desse público. Na nota, Rosana ressalta que testes clínicos foram realizados em milhares de crianças. “Nenhuma preocupação séria de segurança foi identificada”. A secretária ainda faz referência ao trabalho da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na análise técnica que autorizou, de “forma rigorosa e com toda a cautela necessária”, o uso da Pfizer em crianças a partir de 5 anos.  Correio do Povo

Número de casos de covid-19 da China cresce e Xian aumenta restrições

A cidade de Xian, na China, endureceu as restrições à circulação dentro de seus limites nesta segunda-feira, quando iniciou uma nova rodada de exames no quinto dia de um lockdown de seus 13 milhões de habitantes. Xian relatou 150 casos novos sintomáticos de coronavírus no domingo, uma ligeira queda em relação aos 155 do dia anterior, e autoridades alertaram que pessoas que desobedecerem as regras de circulação ou de exames podem enfrentar detenção e multas. G1

Variante ômicron provoca estragos no transporte aéreo

A variante ômicron continua provocando o caos no transporte aéreo, com milhares de voos cancelados em todo o mundo desde o fim de semana de Natal. A rápida propagação da cepa deve levar a França a anunciar nesta segunda-feira (27) novas restrições para enfrentar a pandemia. A Europa é a região do planeta com mais casos nos últimos sete dias, e o maior número de mortes, 24.287 em uma semana (53% do total), seguida por Estados Unidos/Canadá (10.269 mortos, 22%). Na França, o presidente Emmanuel Macron se reunirá por videoconferência com o conselho de defesa de saúde. E o conselho de ministros deve aprovar o projeto de lei para substituir o passaporte sanitário pelo passaporte da vacinação. A França superou no sábado, pela primeira vez desde o início da pandemia, a marca de 100.000 novos casos em 24 horas. Correio do Povo

“Chip da beleza”: Anvisa proíbe propaganda de produtos com gestrinona

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu neste mês a propaganda da gestrinona e de produtos que contêm essa substância e, ainda, disse que esses itens são um “risco à saúde pública”. Difundido nos últimos anos, o chamado “chip da beleza” libera continuamente esse esteroide com ações anabolizantes.Do tamanho de um palito de fósforo, o dispositivo de silicone é implantado no corpo para liberar continuamente hormônios, como a gestrinona, esteroide com ações anabolizantes. A promessa é que, com os efeitos androgênicos da substância, ocorra emagrecimento, ganho de massa muscular e aumento na disposição física. Costuma-se omitir nos anúncios, porém, que ele não tem registro da Anvisa e pode causar efeitos colaterais, como desníveis de colesterol, problemas no coração e no fígado, entre outros. Correio do Povo


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui