CoronaVac não atingiu 90% de eficácia em testes no Brasil, diz secretário da Saúde de SP

Confira as informações do programa Correspondente Independente das 8h.


0
Foto: AMANDA PEROBELLI / REUTERS

O secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse nesta quinta-feira (24) que a CoronaVac não atingiu 90% de eficácia em testes realizados no Brasil, diferentemente do anunciado pela Turquia. “Não atingiu 90% (nos testes no Brasil), mas está em níveis que nos permitem fazer uma redução de impacto de doença na nossa população”, afirmou Gorinchteyn, citando que o percentual é superior ao mínimo de 50% recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A taxa obtida no Brasil deveria ter sido divulgada na quarta-feira (23) pelo Instituto Butantan mas, segundo o instituto, o laboratório chinês Sinovac pediu adiamento do anúncio. Fonte: G1

Estado registra mais de dez mil casos de Covid-19 num mesmo dia nesta quinta-feira

O Rio Grande do Sul ultrapassou nesta quinta-feira (24), mais de dez mil casos de Covid-19 num mesmo dia (10.447), e chega a um total de 426.531. O número estimado de recuperados é de 397.582 (93% dos casos); em acompanhamento, 20.493 (5%); e 8.403 óbitos no total, sendo 58 deles registrados nesta sexta. O Vale do Taquari tem três óbitos e 328 casos de Covid-19 nesta véspera de Natal.

Juíza do TJ-RJ é assassinada na Barra da Tijuca

A juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro foi assassinada a facadas na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, no início da noite desta quinta-feira (24). Segundo a polícia, o autor do crime é o ex-marido dela, o engenheiro Paulo José Arronenzi, que foi preso e levado para a Delegacia de Homicídios. A juíza foi esfaqueada na Avenida Rachel de Queiroz, na frente das três filhas do casal. O assassinato foi registrado em um vídeo que circula nas redes sociais e é investigado pela polícia. Na gravação, as meninas pedem para ele parar de golpear a juíza. Fonte: G1

Bolsonaro assina crédito de R$ 3,3 bilhões para pagar parte de dívida com a ONU, diz governo

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira (24) projeto de lei que abre crédito suplementar de R$ 3,3 bilhões. O dinheiro, segundo o governo, será usado para pagar dívidas com a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização dos Estados Americanos (OEA), entre outras obrigações internacionais. Se a verba não fosse repassada ainda neste ano, o governo brasileiro perderia o direito de voto em todas as instâncias e organismos da ONU. Ao sistema ONU, o Brasil tem de pagar cerca de R$ 615 milhões ainda este ano – a dívida total é de R$ 2 bilhões. Fonte: G1

Eduardo Leite alerta para distanciamento e pede solidariedade aos gaúchos em mensagem de Natal

Em mensagem aos gaúchos nesta quinta-feira de véspera de Natal, o governador Eduardo Leite pediu solidariedade aos gaúchos e mais uma vez pediu reforços aos cuidados em meio à pandemia de Covid-19. Em seu pronunciamento, o governador citou um “natal diferente” e bastante difícil em meio a pandemia. Relembrou o crescimento dos casos de Covid e citou a necessidade de redobrar os cuidados para reduzir os níveis de transmissão, que atingiram índices elevados. Relembrou a necessidade de restringir o número de pessoas nas comemorações, evitar aglomerações e reforçar a atenção com cuidados básicos, como o uso de máscara e álcool gel. Mas também passou uma mensagem de esperança. “Dias melhores estão no nosso horizonte, com a chegada da vacina”, citou. Fonte: Correio do Povo

Em pronunciamento, Bolsonaro destaca ações contra covid-19

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fez nesta quinta-feira (24) um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV em que desejou um feliz Natal e um próspero ano-novo para as famílias brasileiras. Na ocasião, o presidente fez um balanço das ações adotadas pelo governo, ao longo do ano, para combater a pandemia de covid-19 e mitigar seus efeitos sociais e econômicos. Segundo ele, na área de saúde, “não faltaram recursos e equipamentos para todos os estados e municípios no combate ao coronavírus, dentre outras ações”. O presidente disse que 2020 foi um ano de grandes desafios tanto para o Brasil quanto para o mundo. Fonte: Agência Brasil

Proibição a voos do Reino Unido para o Brasil começa nesta sexta

A proibição a voos internacionais com origem ou passagem no Reino Unido e tendo como destino o Brasil passa a valer nesta sexta-feira (25), feriado de Natal. A medida foi anunciada pelo governo brasileiro na última quarta (23) como resposta à proliferação de uma mutação do novo coronavírus no país europeu e que seria até 70% mais contagiosa. A decisão não foi tomada unicamente pelo Brasil, já que mais de 40 nações adotaram a mesma restrição na tentativa de evitar o espalhamento da nova forma do vírus. Em portaria publicada no “Diário Oficial da União”, o governo suspendeu também a autorização de embarque para o Brasil de viajante estrangeiro procedente ou com passagem pelo Reino Unido nos últimos 14 dias. Fonte: R7

Produção e apresentação: Rita de Cássia.
Próxima edição: ao meio-dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui