Coronavírus: até quando?

Confira as notícias "quentes" da região na coluna do Fabiano Conte.


0
Foto: Arquivo

As pessoas se perguntam: até quando? Os casos de coronavírus voltaram a subir e os cuidados deveriam ser no ritmo do começo da pandemia. Mas ninguém mais tem paciência. O uso de máscara incomoda, ainda mais com o calor; a higienização foi esquecida (é só ir em alguns estabelecimentos e perceber que não tem mais álcool em gel disponível); e o distanciamento desapareceu.

As pessoas querem é se encontrar, conversar, fazer festa. Não tem mais como segurar a população. Ainda mais depois do que se viu na eleição. Nos resta torcer para que as vacinas cheguem rapidamente e que sejam eficazes. E rezar para as contaminações e mortes diminuírem.

Curtas

** De forma rápida e transparente, o prefeito eleito de Estrela, Elmar Schneider tem agido nestes dias pós eleição. A transparência pelo fato de compartilhar todas as ações em suas redes sociais e a agilidade por ter começado a transição e já anunciado ações prioritárias de seu governo. Rodrigo Kich será o secretário da Fazenda. Mantém o critério prometido, de uma equipe técnica. Kich é empresário contábil, perito e especialista em contabilidade eleitoral.

Foto: Divulgação

** Vereador reeleito de Lajeado Lorival Silveira (PP) deverá permanecer na Câmara e não assumirá uma secretaria na Prefeitura. É o que ele tem dito aos colegas de partido.

** Novidade no Legislativo, Isidoro Fornari Neto (PP), também teria declarado preferir ficar no Legislativo do que assumir uma secretaria.

** Com diferença de 10 votos entre eles, os três primeiros suplentes dos Progressistas estão ansiosos. Mozart Lopes fez 682 votos; Mara Goergen, 676; e Waldir Gisch, 672 votos. Todos com expectativa de assumir na Câmara, se o prefeito Caumo chamar três titulares para secretarias.

** Prefeito de Lajeado Marcelo Caumo está em isolamento social após sua esposa Aline testar positivo para Covid 19. Caumo despachará de casa. A vice, Gláucia Schumacher, com viagem marcada, não assumirá o cargo.

** Atual prefeito de Travesseiro está de férias até o dia dois de dezembro. Somente depois desta data deverá ocorrer o primeiro encontro do atual e do futuro governo para tratarem da transição.

** Também em Travesseiro, o baixo salário pago a um secretário municipal tem atrapalhado na escolha por parte do prefeito eleito. O salário é de R$ 2,3 mil, abaixo de valores pagos no mercado para cargos tão importantes.

** Banrisul do Florestal novamente fechado. Um funcionário testou positivo para Covid. Os demais ficarão isolados. O cliente perde. É o sistema.

** As festas de fim de ano podem sofrer com a falta de cerveja. As cervejarias apresentam falta de produto no varejo. Era só o que faltava para fechar o ano de 2020.

** Pesquisa revela que não há mais espaço para diálogo sobre questões raciais. Segundo pesquisa, 76% dos brasileiros aprovam os protestos nos EUA e 40% acham violência uma “resposta apropriada”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui