Corpo encontrado no Rio Taquari completa um mês no DML de Lajeado

Delegado trabalha com a possibilidade de se tratar de uma pessoa de Teutônia


0
Polícia Civil divulgou as imagens para a comunidade auxiliar na identificação (Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira (16) completa-se um mês da localização do corpo de uma mulher nas águas do Arroio do Ouro, em Estrela. Desde então, em 16 de julho, a vítima está sem identificação na câmara fria do Departamento Médico-Legal (DML) de Lajeado.

Conforme o delegado da Polícia Civil do município, Juliano Stobbe, o corpo possui diversas marcas de facadas e inclusive uma pedra estava amarrada junto a ele. O cadáver da vítima também possui algumas tatuagens como uma rosa no punho direito, uma coroa no antebraço e uma rosa na panturrilha direita. A vítima vestia moletom verde tipo canguru sem capuz e jaqueta roxa.

Ainda de acordo com o delegado, extraoficialmente se trabalha com a possibilidade de ser uma mulher de 18 anos de idade, de Teutônia. Contudo, ainda é aguardado o lado oficial da perícia papiloscópica que deverá confirmar a identificação. MS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui