Corrente do Bem Lajeado doa 100 cestas básicas e kits de higiene para famílias e entidades

Campanha de Natal também envolve o repasse de 600 pacotinhos com guloseimas crianças dos bairros de Lajeado.


0
Entregas foram feitas para o Vovó Lar, em Lajeado, na manhã desta quarta-feira (Foto: Divulgação)

Buscando auxiliar famílias carentes e entidades da região, o projeto Corrente do Bem Lajeado promoveu uma ação de Natal. O movimento realiza campanhas ao longo de todo o ano, porém, em 2020, por conta da pandemia, optou por arrecadação de alimentos e produtos de higiene pessoal, já que muitas pessoas passam por dificuldades. Em uma semana foram entregues 70 cestas básicas e outras 30 estão programadas para serem distribuídas, totalizando 100.


ouça a reportagem

 


Conforme a fundadora e presidente do projeto, Carline Sell Ariotti, as doações seguem também após o Natal. “Teríamos muito mais coisas para entregar, mas algumas instituições estão finalizando suas atividades. Então teremos doações que ficam para semana que vem”, explica. Além das cestas básicas com alimentos, também então sendo entregues 120 kits de higiene pessoal. Deste número, 44 foram repassados ao Abrigo São Chico, 16 ao Vovó Lar e 50 para as Amigas do HBB.

“Quero focar um pouco nas amigas do HBB, elas que fazem um trabalho maravilhoso dentro do hospital (Bruno Born), e neste ano, por conta da pandemia, não conseguiram fazer suas atividades com o brechó, de onde retiravam o valor para fazer a compra de materiais, então me coloquei a disposição para ajudar com os produtos de higiene”, relata Carline. “Ver o sorriso, o brilho nos olhos e a felicidade das pessoas quando recebem as doações, é algo que, segundo a fundadora do Corrente do Bem, não tem preço.”

“Nas ações que fizemos sempre colocamos muito calor humano e muito carinho, isso é um diferencial do projeto. Quando abraçamos a Vovó Lar neste ano, pensei em mandar uma violeta com cartãozinho, já que muitas não receberam visitas por conta da pandemia, e elas se emocionaram e eu me emociono junto, isso é muito gratificante”, conta.

Além destas atividades, a campanha de Natal envolve o repasse de 600 pacotinhos com guloseimas para serem distribuídos nos bairros de Lajeado. Também foram recebidas 150 cartinhas com pedidos de crianças, na 5ª edição do Carta do Noel, todas elas foram adotadas pela empresa Schumacher Contabilidade e Assessoria.

Moradoras do Lar de Idosos receberam flores (Foto: Divulgação)

Campanha futura

Para 2021, segundo Carline, alguns projetos já estão sendo pensados. Um deles é fazer, de três em três meses, a partir de janeiro, a montagem de kits de higiene pessoal contendo creme e fio dental, escova de dente, sabonete e cotonete. “Quem quiser fazer sua doação pode deixar elas em nossos pontos de coleta, será uma campanha que vamos estender para o ano inteiro”, informa a presidente.

São cerca de 20 pontos de colegas espalhados em Lajeado e cidades da região, como Encantado, Arroio do Meio, Estrela e Cruzeiro do Sul.

Como ajudar

Quem deseja contribuir de alguma forma com a Corrente do Bem pode entrar em contato com Carline através da página do projeto no Facebook ou então levar doações nos pontos de coletas. Há também como participar do Brechó do Bem, que funciona em sextas-feiras e sábados em uma sede no Bairro Moinhos D’Água, em Lajeado. Para mais informações o telefone de contato é (51) 9 8213-3303.

História do projeto

O projeto Corrente do Bem Lajeado foi criado por Carline Sell Ariotti. A iniciativa começou devido a dor, após perder sua filha, Soffya Valentina. Diante da situação, resolveu promover ações para ajudar quem precisa. Conhecidos e amigos, além de empresas, passaram a formar uma grande “corrente do bem”, sem nenhum vínculo com prefeituras.

A iniciativa auxilia diferentes pessoas e faixas etárias. Além da procura dos próprios interessados, muitos casos chegam ao projeto via agentes comunitários de saúde, assistentes sociais e entidades de toda a região. A ideia era manter o trabalho pelo período de dois anos, porém já são sete anos atuando, crescendo e projetando ampliações e continuidade das ações para o futuro.

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui