Covid-19 em Lajeado: com números estabilizados, disseminação é maior entre pessoas de 20 a 49 anos

"Nesta população sem doenças de base e comorbidade, a doença se apresenta de uma forma tranquila”, explica coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Lajeado.


0
Foto: Reprodução / Shutterstock

Apesar de apresentar números altos de casos ativos de coronavírus, Lajeado tem uma taxa menor e controlada de hospitalização por Covid-19. “Nós atingimos o que chamamos de platô”, explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Lajeado, Juliana Demarchi. Platô corresponde a uma estabilização no número de novos casos confirmados da doença (não há aumento nem redução significativa; a variação é pequena).

“Salvo alguns períodos em agosto, quando a gente chegou a ter 150 casos ativos em um dia, nós estabilizamos em uma faixa de 100 a 120 casos ativos, o que a gente chama de platô, que estamos vivendo desde a segunda quinzena de julho”, explica Juliana.

Coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Lajeado, Juliana Demarchi (Foto: Tiago Silva)

Conforme ela, os casos graves da doença e as taxas de ocupação dos serviços de saúde determinam os níveis de restrição para conter a disseminação da pandemia. Em Lajeado, ela reforça, há uma estabilização da doença. A coordenadora nota que a Covid-19 está se disseminando entre a população mais jovem, e não tem revertido em hospitalização e sobrecarga dos serviços de saúde.

“Desde julho, a doença vem se distribuindo em uma população jovem, entre 20 e 49 anos. Nesta população sem doenças de base e comorbidade, a doença se apresenta de uma forma tranquila”, explica. “Não quer dizer que possamos relaxar nas medidas de cuidado para proteger a população que pode sofrer com casos mais graves”, reforça ela.

Saiba mais

Nesta segunda-feira (26), segundo dados da Prefeitura de Lajeado, o município fechou com 3.943 casos confirmados de coronavírus, sendo 50 novos (42 de PCR e 8 de teste rápido). São 3.791 casos recuperados, sendo 44 novos (28 de PCR e 16 de teste rápido), 46 óbitos e 106 casos ativos.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui