Covid-19: OMS aponta que 90% dos países tiveram interrupções em serviços de saúde

Países de renda baixa e média foram os mais afetados.


0
Foto: Fabrice Coffrini / AFP / CP

Dados coletados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que 90% de 105 países avaliados relataram suspensões em serviços de saúde essenciais, de março a junho deste ano, por conta da pandemia de Covid-19. Países de renda baixa e média foram os mais afetados.

A maioria indicou que muitos atendimentos de rotina foram suspensos, enquanto cuidados intensivos – como exames de imagem e tratamento para pacientes com câncer e terapia para HIV – registraram interrupções de alto risco em países de renda baixa. Com base nos relatórios, os países experimentaram, em média, interrupções em metade dos 25 serviços analisados.

As áreas mais frequentemente interrompidas incluíram vacinação de rotina – 70% das nações entrevistadas registraram problemas no serviço de aplicação fora de um posto ou instalação – e diagnóstico e tratamento de doenças não transmissíveis (69%).

Planejamento familiar e contracepção (68%), tratamento para distúrbios de saúde mental (61%) e diagnóstico e tratamento de câncer (55%) foram outros campos entre os mais afetados. Os países também relataram interrupções no diagnóstico e tratamento da malária (46%), detecção e tratamento de casos de tuberculose (42%) e tratamento de HIV (32%).

Fonte: Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui