Os turistas estrangeiros que visitaram o Brasil em março gastaram 8,88% a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado. Isso significa que os visitantes de outros países injetaram US$ 650 milhões na economia brasileira ante os US$ 597 milhões observados em março de 2016.

Os números foram revelados pela a receita cambial do turismo, que representa os gastos dos visitantes estrangeiros no país, divulgada pelo Banco Central.

No acumulado do ano – janeiro a março de 2017 – a receita cambial foi de US$ 1,85 bilhão, mesmo valor que o registrado em 2016.

Entre as ações adotadas está a implantação do visto eletrônico para países estratégicos até o fim de 2017. A ideia é que a medida passe a valer, ainda este ano, para turistas de EUA, Canadá, Austrália e Japão, que são grandes emissores de turistas internacionais com alto poder aquisitivo.

A concessão de vistos eletrônicos transforma todo o período de solicitação, pagamento de taxas, análise, concessão e emissão de visto num processo de apenas 48 horas.

Ainda segundo os dados, a despesa cambial em março deste ano – gastos dos brasileiros no exterior – teve um aumento de 18,50%, no mesmo período de 2017. No acumulado do ano, a despesa cambial de um crescimento de 50,37% em relação ao mesmo período de 2016.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui