Criança morre após ser infectada por ameba ‘comedora’ de cérebro nos EUA

Garoto David Pruitt foi contaminado em julho, após nadar em um lago durante um passeio com a família


0
David Pruitt, de 7 anos, morreu após ser infectado por uma ameba em um lago (Foto: Reprodução/GoFundMe)

Uma criança de 7 anos morreu após ser infectado por uma ameba ‘comedora de cérebro’ rara na Califórnia (EUA). A infecção é causada pelo protozoário Naegleria fowleri e, segundo as autoridades locais, apenas 10 casos da doença foram relatados no estado desde o início dos anos 1970.

Segundo a rede de TV norte-americana NBC News, o garoto David Pruitt foi contaminado em julho, após nadar em um lago durante um passeio com a família.

Poucos dias depois, no dia 30, ele adoeceu gravemente e foi levada às pressas para o pronto-socorro e internada no centro médico da Universidade da Califórnia. Ele foi diagnosticado com grave inchaço cerebral. David morreu uma semana depois, no dia 7 de agosto.

“A família está extremamente agradecida e se sente abençoada por saber que as pessoas se importam tão profundamente com eles e ainda estão orando por eles e doaram o que puderam para ajudá-los durante este momento trágico”, escreveu a tia do garoto, Crystal Hayley, na página criada no site GoFundMe.

Durante os dias que o garoto ficou internado, a família criou uma campanha no site para ajudar nas despesas do tratamento de David. A ameba Naegleria fowleri, que causa a infecção, costuma ser encontrada em água doce, especialmente rios e lagos.

De acordo com o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos), a maioria das infecções ocorre pelo nariz enquanto as pessoas estão nadando ou mergulhando.

Dados da agência mostram que foram registradas 148 infecções pela ameba “comedora” de cérebro nos EUA entre 1962 e 2019 e apenas quatro pessoas sobreviveram. A maioria dos casos foi registrada em homens e crianças.

Fonte: UOL

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui