Criminosos roubaram mais de R$ 125 milhões durante assalto a agência bancária de Criciúma

Na ocasião, aproximadamente 30 homens com armas de grosso calibre cercaram a área central da cidade, onde fica o banco, durante quase duas horas


0
Foto: Reprodução / WhatsApp

A Polícia Civil confirmou que os criminosos responsáveis pelo assalto a uma agência bancária de Criciúma, em Santa Catarina, roubaram cerca de R$ 125 milhões. O valor aproximado apareceu em uma decisão judicial e foi confirmado nesta quinta-feira (29) à NSC pelo delegado da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, Anselmo Cruz.

O crime ocorreu entre a noite de 30 de novembro e a madrugada de 1º de dezembro. Na ocasião, aproximadamente 30 homens com armas de grosso calibre cercaram a área central da cidade, onde fica o banco, durante quase duas horas. Foram feitos reféns e um policial militar foi baleado e ficou mais de dois meses no hospital.

O delegado Anselmo Cruz explicou que o banco precisou fazer “diversas operações” para chegar à contagem final de R$ 125 milhões. Antes, a Polícia Civil tinha divulgado que R$ 80 milhões haviam sido roubados no assalto. A Justiça autorizou 16 pedidos de prisão preventiva contra suspeitos de envolvimento no assalto. Com o inquérito principal mantido sob sigilo, é aguardado ainda o indiciamento de outros criminosos.

Treze pessoas já foram identificadas e presas e três ainda estão foragidas. Na fuga, os bandidos deixaram dinheiro espalhado pelas ruas. Quatro moradores foram detidos após recolherem R$ 810 mil que ficaram jogados no chão.

Dez carros usados no assalto foram apreendidos em um milharal de uma propriedade privada em Nova Veneza, a noroeste de Criciúma. As autoridades de Santa Catarina afirmam que este foi o maior assalto da história do estado. AD/G1

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui