Criminosos são presos após aplicarem golpe do bilhete premiado em idosa

Ação rápida da Draco de Lajeado resultou na captura dos autores


0

Dois golpistas foram presos em flagrante por volta das 12h45 desta terça-feira (20), na área central de Lajeado. A ação rápida da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) aconteceu depois que os indivíduos vitimaram uma idosa de 60 anos com o golpe do bilhete premiado. Um funcionário de um estabelecimento comercial acionou a Polícia Civil ao perceber que os suspeitos haviam abordado e convencido a senhora a entrar em um automóvel de cor branca. As guarnições identificaram o veículo e passaram a fazer buscas pelos criminosos.

A prisão ocorreu na Rua João Abott, próximo ao CFC Delazeri. O carro era ocupado por dois indivíduos, de 38 e 45 anos oriundos de Passo Fundo, que estavam na posse de R$ 6 mil, duas máquinas de cartão de crédito, um bilhete de loteria, cheques e cartões bancários diversos, entre outros objetos utilizados para a prática do delito.

Em seguida, o policiamento também localizou a idosa que havia sido alvo dos golpistas. Ao ser questionada, ela relatou que caminhava pela avenida Benjamin Constant, quando foi abordada por um senhor que se dizia de fora da cidade e pedia informações sobre uma mercearia. O indivíduo logo apresentou um bilhete da Mega Sena que dizia ser premiado com mais de R$ 44 milhões e pedia auxílio para sacar o valor. Enquanto conversavam, o outro criminoso se aproximou e ofereceu ajuda. A vítima foi convencida de que deveria entregar ao “ganhador” a quantia de R$ 6 mil, como forma de garantia, para que então ficasse com o bilhete “premiado”.

Os criminosos ainda levaram a senhora até uma agência bancária, onde ela sacou o dinheiro. O suposto ganhador do prêmio também entregou uma bolsa fechada com dois cadeados, alegando estar ali o bilhete premiado. Em seguida, a idosa foi liberada pelos golpistas e não suspeitava do ocorrido até ser abordada pela guarnição. O policiamento recuperou todo o valor sacado pela vítima. Os autores foram autuados pelo crime de estelionato e associação criminosa. A dupla possui antecedentes por crimes de estelionato, furto entre outros.

Delegado Dinarte Marshall Júnior (Foto: Joel AlveS)

Em contato com a Draco de Passo Fundo, os agentes descobriram que os presos pertencem a uma quadrilha responsável por aplicar golpes por todo o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Conforme o delegado Dinarte Marshall Júnior, o carro também estava circulando em Lajeado há pelo menos 10 dias atrás, quando os elementos tentaram aplicar o golpe em outras pessoas. Ainda de acordo com o delegado, o bilhete da Mega Sena que os presos carregavam estava com os números do último sorteio. No entanto, se tratava de um cupom falso, visto que os códigos de lotérica e outros dados não conferem.

A Draco pede que outras pessoas que tenham caído no golpe do bilhete recentemente entrem em contato pelo telefone (51) 98682-1217. AD


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui