Crise na suinocultura faz cruzeirense abandonar atividade

"Além do prejuízo de R$ 6 mil por mês, a obrigação de trabalhar sem folga me fez parar", fala Altair Jonher


0
Foto: Joel Alves

A família Jonher é conhecida por ter um dos melhores plantéis de matrizes de suínos no Vale do Taquari, mas nesta semana Altair Jonher (54) parou com esta atividade.

Proprietário de uma granja na localidade de Picada São Gabriel, em Cruzeiro do Sul, ele possuía 60 matrizes de suínos, cada uma produzia em média 25 leitões por ano. Mesmo com boa produção e sem dívidas, a família pensou bem e resolveu parar com a criação de suínos.

Por trabalhar de maneira independente, quando os leitões chegavam a 25 quilos os vendia direto para as agroindústrias ou para os produtores que criavam para a engorda e abate. Mas nos últimos meses estava com muita dificuldade de vender os cerca de 120 leitões que ficavam prontos mensalmente.

Depois que decidiu parar com a suinocultura, vendeu as 60 matrizes, mas para conseguir se desfazer dos leitões teve que dizer que estava os doando. Mesmo assim, somente conseguiu entregar para o terceiro agricultor que ofereceu. “Ninguém queria, pois o trato está muito caro”, lamentou ele.

Além do prejuízo que estava tendo, Altair Jonher diz estar cansado de trabalhar sábado, domingo e feriados. Com o fim da criação de suínos, ele destruiu os três chiqueiros com uma área coberta de 700 m. “Além do prejuízo de R$ 6 mil por mês, a obrigação de trabalhar sem folga me fez parar”.

Foto: Joel Alves
Foto: Joel Alves

Entenda como está o mercado da suinocultura

A crise enfrentada pela suinocultura no Rio Grande do Sul fez com que muitos produtores repensem suas atividades. Sem a previsão de que a situação seja revertida em curto prazo, a situação financeira dos pequenos e médios produtores fica cada vez mais insustentável.

Com o preço elevado do milho e do farelo de soja que, juntos, correspondem a mais de 80% do trato dos animais, combinado com o baixo preço pago ao produtor pelo quilo do animal, muitos produtores estão repensando a criação de suínos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui