Cruz Vermelha exige que vacinas anticovid cheguem aos países pobres

Quase 70% das doses administradas até agora aconteceram nos 50 países mais riscos do mundo.


0
Cruz Vermelha faz campanha pela vacinação em países pobres (Foto: Divulgação)

A Cruz Vermelha, alarmada com a falta de acesso dos países pobres às vacinas anticovid, anunciou nesta quinta-feira um plano de 100 milhões de francos suíços (110 milhões de dólares) para ajudar a imunizar 500 milhões de pessoas vulneráveis.

De acordo com uma análise da Federação Internacional de Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICR), quase 70% das doses administradas até agora aconteceram nos 50 países mais riscos do mundo. Apenas 0,1% das doses foram administradas nos 50 países mais pobres.

“É alarmante porque é injusto e porque poderia prolongar, inclusive agravar, esta pandemia terrível”, afirmou o secretário-geral da FICR, Jagan Chapagain. “Sem uma distribuição equitativa, mesmo aqueles que estão vacinados não estarão seguros”, completou.

Fonte: O Correio do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui