Dália projeta futuro como organização moderna, em sintonia com seu tempo, mas sem perder a essência

Entenda como a cooperativa, que completa 75 anos nesta quarta-feira, trabalha a sua expansão e busca enfrentar desafios logísticos


0
Bate-papo no Panorama com o presidente-executivo e com o vice do Conselho de Administração (Foto: Maria Eduarda Ferrari)

História, valores e projeções de futuro para a Dália Alimentos foram temas do bate-papo com o presidente-executivo, Carlos Alberto Freitas, e com o vice-presidente do Conselho de Administração, Pasqual Bertoldi, no Panorama desta quarta-feira (15). A atração foi transmitida da matriz da empresa em Encantado, em comemoração aos seus 75 anos.

Freitas ressalta que a Dália se coloca como uma organização moderna, em sintonia com o que está acontecendo no mundo, sem perder os seus valores e a sua essência. O desafio é prosseguir sem perder essa visão. Conforme o executivo, a proposta é ter um crescimento contínuo, não só em tamanho como em qualificação, para que a Dália seja competitiva e eficiente em toda a sua operação para ganhar cada vez mais escala de produção.

Um dos problemas que a cooperativa busca superar é em relação ao custo logístico. Freitas explica que o Rio Grande do Sul, por sua posição geográfica no Brasil, impõe custos maiores às empresas e cooperativas na comparação com as instaladas em estados como o Paraná, por exemplo. Dessa forma o executivo instiga que os governos atuem proativamente para qualificar a infraestrutura e reduzir o peso sobre os negócios.

LEIA TAMBÉM:

Já Pasqual Bertoldi diz que está envolvido com a Dália desde pequeno. “Como meu pai foi um sócio-fundador, eu trago no meu DNA o cooperativismo”, pontua.

Ele recorda que a cooperativa surge da necessidade de se fazer algo diferente e ousado na região naquela época, há sete décadas. O vice do conselho afirma que o Vale do Taquari é a região mais cooperativa do Brasil. Para ele, a geração de renda e distribuição é maior com um sistema cooperativo forte e atuante.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui