Damares Alves pede investigação sobre vazamento de dados de menina estuprada pelo tio

Ministra pede que o caso seja investigado pela Polícia Federal.


1
Foto: Divulgação

Em ofício encaminhado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) na última quarta-feira (19), a ministra Damares Alves pediu apuração do vazamento de dados sigilosos sobre a menina de dez anos que engravidou após ser estuprada pelo tio, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo.

Damares solicitou ao ministro André Mendonça o encaminhamento do caso à Polícia Federal, além da articulação com a Polícia Judiciária do Estado do Espírito Santo para o possível indiciamento dos responsáveis. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) prevê proteção à crianças vítimas de crimes, inclusive no que diz respeito à preservação da identidade.

Na quarta-feira (19), o Ministério Público do Espírito Santo (MPES) entrou na Justiça contra a influencer Sara Giromini, que divulgou dados pessoais da criança na internet, causando protestos contrários ao aborto na porta do hospital onde ela interrompeu a gestação, em Pernambuco. A ação pede que ela seja condenada a pagar R$ 1,3 milhão a título de dano moral.

Fonte: G1

1 comentário

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui