“A data da inauguração não podemos cravar ainda”, afirma integrante da Associação Amigos de Cristo

“Possivelmente, vamos ter uma boa estrutura para fazer a inauguração no final do primeiro semestre de 2022”, estima Rafael Fontana


0
Foto: Eduardo Gonzatti Turatti / Divulgação

Conforme Rafael Fontana, membro da diretoria da Associação dos Amigos de Cristo, entidade que está à frente da construção do Cristo Protetor de Encantado, não é possível cravar uma data para a inauguração do monumento. A associação pretende, antes disso, criar condições de infraestrutura adequadas para os visitantes chegarem ao local, com gerador de energia, banheiros, fraldários e ambulatório. “Possivelmente, nós vamos ter uma boa estrutura para fazer a inauguração no final do primeiro semestre”, estima.

Atualmente, a estátua já tem seus dois braços prontos, e até o final do mês deve ser concluída toda a parte acima do pescoço. A área ao redor do Cristo Protetor continuará sendo preparada, mesmo depois da inauguração do monumento.

A Associação Amigos de Cristo pretende instalar, entre outras coisas, lojas de souvenirs, cafés e espaços para alimentação. Mas isso não deve ganhar destaque maior do que o objetivo original da construção, que é de fé e contemplação da natureza. Fontana destaca que o espírito do projeto é de reenergização.

“O Cristo veio num momento para despertar a esperança, o espírito de união e de cooperação”, percebe ele, ao ressaltar o associativismo como uma característica marcante do Vale do Taquari e que ajudará no desenvolvimento do turismo regional.

Antes mesmo da inauguração, pessoas de diversas partes do estado já tem vindo para a região conferir o andamento das obras. Desde o início de maio até o último final de semana, a associação contabiliza 16 mil pessoas nas visitas guiadas. Até o momento já foram arrecadados aproximadamente R$ 300 mil com os passeios para conferir as obras. Dessa forma, elas contribuem no custeio dos trabalhos, estimados em cerca de R$ 3 milhões, totalmente com recursos privados.

“É gratificante ver a emoção das pessoas contribuindo, vendo a construção e manifestando o desejo de retornar e ver quando estiver pronto”, ressalta Fontana. De acordo com ele, o escultor tem caprichado no monumento, que terá características únicas. O membro da diretoria brinca que os pedreiros também viraram um pouco de escultores, em função da dedicação que empregam à realização do monumento.

Consultor da associação, Fabrício Medeiros comenta que, independente da religião, “a energia é muito boa”. “É de arrepiar, é algo indescritível”, afirma, sobre o ambiente do Cristo. Conforme ele, na área dos arredores, a ideia é trazer a expertise de parque. Os idealizadores buscarão verticalizar os trabalhos para possibilitar um fluxo melhor aos turistas, de forma sustentável, sem poluição visual, otimizando tempo e espaço.

Saiba mais

A estátua do Cristo de Encantado terá 37 metros, e o pedestal 6, totalizando 43 metros. Sua envergadura, de um braço ao outro, conta com 39 metros. O monumento está instalado no alto da Lagoa da Garibaldi, no Morro das Antenas, a 418 metros de altitude.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui