Datafolha: 47% isentam Bolsonaro de culpa por 100 mil mortes no Brasil; 11% culpam o presidente

Números indicam melhora na avaliação da condução da crise pelo governo federal.


0
Foto: Agência Brasil / Arquivo

Pesquisa Datafolha publicada no final da noite desta sexta-feira (14) pelo jornal “Folha de S.Paulo” aponta os seguintes percentuais sobre a responsabilidade do presidente Jair Bolsonaro pelas mais de 100 mil mortes pelo coronavírus no país.

  • Não tem culpa: 47%
  • Principal culpado: 11%
  • Um dos culpados, mas não o principal: 41%
  • Não sabe: 2%

O instituto também perguntou se Bolsonaro é responsável pelo avanço do coronavírus no Brasil. O resultado:

  • Não é responsável: 49% (45% em pesquisa nos dias 25 e 26 de maio)
  • Muito responsável: 33% (33% em pesquisa nos dias 25 e 26 de maio)
  • Um pouco responsável: 16% (20% em pesquisa nos dias 25 e 26 de maio)
  • Não sabe: 2% (3% em pesquisa nos dias 25 e 26 de maio)

O entrevistado respondeu ao instituto se o Brasil fez o necessário para evitar as mais de 100 mil mortes por coronavírus.

  • Não fez o necessário: 49% (54% em pesquisa realizada nos dias 23 e 24 de junho)
  • Fez o necessário: 24%(23% em pesquisa realizada nos dias 23 e 24 de junho)
  • Nada que o país fizesse evitaria esse nº de mortes: 22% (19% em pesquisa realizada nos dias 23 e 24 de junho)
  • Não sabe: 6% (5% em pesquisa realizada nos dias 23 e 24 de junho)

O Datafolha ainda perguntou se o governador do estado do entrevistado é responsável pelo avanço do coronavírus no Brasil e apurou os seguintes percentuais:

  • Não é responsável: 55% (58% em pesquisa realizada nos dias 25 e 26 de maio)
  • Muito responsável: 24% % (19% em pesquisa realizada nos dias 25 e 26 de maio)
  • Um pouco responsável: 18% % (20% em pesquisa realizada nos dias 25 e 26 de maio)
  • Não sabe: 3% % (3% em pesquisa realizada nos dias 25 e 26 de maio)

O Datafolha também perguntou se o entrevistado saberia dizer o nome do ministro da Saúde.

  • Não sabe: 88%
  • Sabe: 10%
  • Outro nome: 2%

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui