De olho em Taiwan, China aumenta orçamento militar em 7,2%

Relatório do governo apresentado nesta terça-feira abandonou o termo 'reunificação pacífica' com a ilha autogovernada


0
Foto: Wikimedia

A China divulgou documentos oficiais nesta terça-feira, 5, indicando um aumento de 7,2% dos gastos com defesa neste ano. Os mesmos relatórios abandonaram o termo “reunificação pacífica” em relação a Taiwan, indicando que o país está endurecendo ainda mais a postura em relação à ilha, que Pequim considera parte de seu território.

O orçamento militar do gigante asiático mais que dobrou durante os 11 anos de mandato do presidente Xi Jinping. Quando ele chegou ao poder, em 2013, o montante era de 720 bilhões de yuans. Neste ano, foi para 1,67 trilhões de yuans (R$ 1,15 trilhões, na cotação desta terça-feira, 5).

No ano passado, a taxa de aumento do orçamento foi semelhante – e continua bem acima da previsão de crescimento econômico do governo para este ano, de 5%. Segundo o Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS), com sede em Londres, o orçamento de 2024 marca o 30º ano consecutivo de aumentos nas despesas de defesa chinesas.

Fonte: Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui