Decreto de estiagem deve trazer benefícios ao campo de Estrela

Homologação por parte do governo federal poderá minimizar prejuízos dos produtores locais.


0
Foto: Arquivo / Divulgação

Foi publicado no Diário Oficial da União de quarta-feira (10) a portaria nº 1646, na qual a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional, através do Formulário de Informações do Desastre (Fide), reconhece a situação de emergência para Estrela em razão da grave estiagem verificada nos últimos meses.

A homologação deverá trazer benefícios aos produtores de Estrela, onde os prejuízos calculados no campo devem ultrapassar os R$ 24 milhões, segundo levantamento da Emater e Secretaria Municipal de Agricultura.

Diante do reconhecimento de tal situação e a publicação do decreto, o município se torna habilitado a receber recursos estaduais e federais caso sejam disponibilizados. Entre outras medidas, assegura-se também a dispensa de processo licitatório; auxílio em obras de restabelecimento por meio de Planos de Trabalho; e outros meios que visem a redução dos impactos negativos, como financiamentos de emergência mais acessíveis e a prorrogação de outros já tomados junto a rede bancária. “Esperávamos já há um bom tempo este reconhecimento, e por isso também com muito ansiedade, a homologação de agora”, reconhece o secretário de Agricultura, José Adão Braun.

“Logo que vimos que a situação da estiagem era severa, fizemos o encaminhamento dos muitos documentos necessários para reconhecerem logo a grave situação que atingiu a praticamente todos nossos produtores”, explica.

Para o secretário, trata-se de uma importante ajuda. “Diretamente os prejuízos chegam a R$ 24 milhões em todo a nossa cadeia produtiva no campo. Se considerarmos o que isso representa para a economia do município como um todo, o valor cresce. Por isso ainda esperamos uma ajuda mais direta por parte dos governos estadual e federal, pois estamos habilitados para isso, mas o reconhecimento de agora já se trata de um passo de fundamental importância diante do atual contexto”, avalia. AI/RC

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui