Defesa Civil confirma 180ª morte decorrente da enchente no RS; 32 seguem desaparecidos

Ainda, 32 pessoas seguem desaparecidas e mais de 800 pessoas ficaram feridas durante as enchentes


0
Foto: Divulgação

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul confirmou mais uma morte em decorrência das enchentes que atingiram o estado em maio, totalizando 180 óbitos, conforme boletim desta terça-feira (02). A vítima foi identificada como Janice Brino, moradora do município de Roca Sales. As cidades com mais ocorrências de mortes são Canoas (31 óbitos), Roca Sales (14 óbitos) e Cruzeiro do Sul (12). Ainda, 32 pessoas seguem desaparecidas. Mais de 800 pessoas ficaram feridas durante as enchentes.

A chuva forte no estado começou em 27 de abril em Santa Cruz do Sul e se estendeu por mais de 470 cidades, sobrecarregando as bacias dos rios Taquari, Caí, Pardo, Jacuí, Sinos e Gravataí, que transbordaram. A água invadiu e arrasou municípios, causando mortes. Entre as vítimas, estão pessoas que foram vítimas de deslizamentos ou arrastados pela chuva. Conforme levantamento da Rádio Independente, no Vale do Taquari 45 mortos já tiveram os corpos identificados, e 20 seguem desaparecidos.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui