Defesa Civil não descarta possibilidade de cheia do Rio Taquari para esta semana

Elevação das águas depende da chuva prevista para os próximos dias


1
Foto: Artur Dullius

As recentes chuvas registradas na região e a precipitação prevista para os próximos dias têm deixado a população em alerta sobre a movimentação das águas do Rio Taquari. Neste momento, a possibilidade de ocorrer uma cheia ao longo desta semana não está descartada pela Defesa Civil de Lajeado.


ouça a reportagem

 


No entanto, segundo o coordenador da Defesa Civil de Lajeado, Gilmar Queiroz, neste momento o cenário é de estabilidade. “Não tem como a gente descartar com essa previsão de chuva que se tem, principalmente se chover nas cabeceiras do Rio. Não está descartada a chance de ocorrer uma cheia mas, no momento, não se tem essa possibilidade. Tudo vai depender muito da chuva das próximas horas”, explica.

Neste domingo (1º), a MetSul meteorologia emitiu um alerta indicado a chegada de um ciclone que irá proporcionar acumulados elevados de precipitação em pontos dos estados gaúcho e catarinense, com marcas superiores a 100 mm. Alguns locais podem acumular, até quinta-feira, a chuva equivalente para quatro ou cinco meses.

“Vacaria é um dos principais pontos que deságua para cá. Choveu muito na semana passada lá, em torno de 130 milímetros num período de 24h. Mas eu falei com eles ainda hoje pela manhã e nas últimas 24h choveu 30 mm. Então, não é um volume tão expressivo e, se manter assim, não teremos a cheia”, detalha Queiroz.

O Rio Taquari atingiu a cota de alerta por volta das 5h desta segunda, quando estava 2 metros acima no nível normal. Durante a manhã a situação era de estabilidade. O nível se manteve próximo dos 15 metros, falando aproximadamente 4 metros para atingir as primeiras residências em Lajeado.

Coordenador da Defesa Civil de Lajeado, Gilmar Queiroz (Foto: Artur Dullius)

“Pelo que eu estava acompanhando nós entramos em situação de alerta às 5h, mas baixou 2 centímetros nas últimas horas. Em Encantado também estabilizou. Então, para hoje o Rio não deve sair. A não ser que chova muito durante o dia nas cabeceiras”, projeta o coordenador.

Texto: Artur Dullius
reporter@independente.com.br

 

1 comentário

  1. Minha mãe é uma idosa e mora sozinha em área alagavel todas as vezes que chove torrencialmente ficamos ligados na rádio independe acompanhando as cheias do rio taquari

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui