Denúncia e falta de PPCI impediram Rua Coberta de receber atividades da Gincana de Arroio do Meio

Evento foi realizado durante o final de semana, mas atividades aconteceram em outros espaços. Vereador Paulo Heck (MDB) afirma que denúncia não foi feita pela oposição


1
Na sexta-feira (17) a estrutura estava pronta para receber a programação até o domingo (19) (Foto: Gabriela Hautrive / Reprodução)

A realização da 4ª edição da Gincana Municipal de Arroio do Meio, que ocorreu no último final de semana, aconteceria no entorno da Praça Flores da Cunha e na Rua de Eventos, também conhecida como Rua Coberta no município. Porém, no final da sexta-feira (17), através de uma denúncia, os bombeiros foram até o local e não identificaram o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndios (PPCI), impedindo que o evento continuasse naquele espaço e fazendo com que as atividades fossem realizadas em outros pontos da cidade. Na sexta-feira pela manhã (17), a reportagem da Rádio Independente esteve no local e estava tudo certo para realização da programação, inclusive já com palco montado na Rua Coberta e com uma expectativa, conforme a organização da gincana, de receber cerca de 5 mil pessoas durante as atividades. 


OUÇA A REPORTAGEM 


Prefeito de Arroio do Meio, Danilo Bruxel (Foto: Arquivo Rádio Independente)

Conforme o prefeito de Arroio do Meio, Danilo Bruxel (PP), a gincana é uma das maiores programações da cidade e já foram realizados muitos outros eventos naquele local. “Eles alegam que deveria ter o PPCI, o que nunca aconteceu, inúmeros eventos já foram feitos na Rua de Eventos e nunca foi exigido, não sabíamos, tanto é que é um espaço totalmente aberto. Mas claro, com todo o respeito, vamos agora nos adequar, mas infelizmente não precisava ter sido feito dessa forma”, diz o prefeito.

A denúncia, segundo o Corpo de Bombeiros, é feita de forma anônima e é preciso preservar a identidade do denunciante, mas o prefeito avalia como um ato maldoso para prejudicar o evento: “A pessoa que denunciou, se quisesse ajudar, poderia ter vindo a semana passada e nos orientar, acho que é dessa forma que espetávamos que o denunciante tivesse uma atividade diferente, mas bem tranquilo foi adequado e o evento foi muito bom, porém algumas atividades foram prejudicadas”, ressalta. Bruxel explicou que a partir de agora o município irá se adequar e deixar a Rua Coberta com condições que atendam todas as exigências do PPCI. O próximo evento será em julho com a realização da Feira da Gastronomia.

(Foto: Gabriela Hautrive / Arquivo Rádio Independente)

Além do prefeito, o secretário de Fazenda e Planejamento de Arroio do Meio, Valdecir Crescêncio, falou que a Rua Coberta existe há mais de 20 anos e já realizou muitas outras programações. Ele entende que a denúncia não foi para ajudar e sim prejudicar a gincana: “Se fosse para tentar evitar o mal para alguma pessoa, teriam feito isso durante a semana e nós teríamos a ciência de que deveríamos tomar algumas providências durante a semana, então essa denúncia foi maldosa”, pondera.

Notificação feita pelo Corpo de Bombeiros

Tenente Fausto Gusmão Althaus, comandante do Corpo de Bombeiros de Lajeado (Foto: Artur Dullius / Arquivo Rádio Independente)

O comandante do Corpo de Bombeiros de Lajeado, tenente Fausto Gusmão Althaus, disse que a corporação recebeu uma denúncia na noite de sexta-feira (17) informando que a gincana estava acontecendo na Rua Coberta sem PPCI. A guarnição chegou no local, por volta das 22h30, e confirmou o fato, já no fechamento da programação do dia: “Não condizia com a resolução técnica, número 5 – parte 4, sobre eventos temporários, que visam a segurança na reunião de público. Tendo em vista o fato e a confirmação, foi notificado o evento e encerrado, sob responsabilidade da organização”, conta.

A reportagem questionou o tenente sobre a realização de eventos anteriores sem os equipamentos necessários e ele respondeu que as programações anteriores não chegaram ao conhecimento do Corpo de Bombeiros. “Se não foi tomada alguma atitude anterior, é porque não tínhamos conhecimento de eventos, nós sempre buscamos informar organizações sobre. Cito como exemplo reuniões que já tivemos com eventos grandes que vão ocorrer em Lajeado, como a Expovale e Cosntrumóbil”, diz.

Outro ponto destacado pelo comandante foi sobre o autor da denúncia, que segundo ele, é uma informação sigilosa. “É de extrema importância resguardar o sigilo do informante. Já fui procurado por algumas autoridades municipais, entre outros cidadãos do próprio município porque se criou um certo rumor no município de quem efetuou a denúncia, mas entende que essa não é a parte mais importância e sim que essa pessoa conseguiu resguardar a segurança de quem estava lá”, avalia.

“Não foi nenhum vereador do MDB que fez a denúncia”

ereador Paulo Heck (MDB) (Foto: Redes Sociais / Divulgação)

Sobre rumores no município de que a denúncia teria partido de políticos de oposição, o vereador Paulo Heck (MDB) relata que ficou triste com a notícia e lamenta o ocorrido: “Fiz parte da comissão da gestão anterior que resgatou a gincana em 2019, quero aqui deixar bem claro que não foi nenhum vereador do MDB que fez a denúncia, estou surpreso inclusive, com matéria hoje circulando em jornal, dizendo que a denúncia teria sido rixa política”, diz.

O líder de oposição na Câmara de Vereadores de Arroio do Meio ainda acrescentou que a administração errou em não cumprir com a legislação que visa a segurança das pessoas e que irá adiante sobre falsas informações. “Essa acusação infundada, de que a denúncia teria partido dos vereadores do MDB, será apurada pelas vias cabíveis”, completa.

A gincana

A equipe Schtena foi a vencedora da 4ª Gincana Municipal de Arroio do Meio. O resultado saiu na noite de domingo (19), na Praça Flores da Cunha. O segundo lugar ficou com a equipe Curê, terceiro: Vem Cô Chico e quarto: a equipe Lost. Além do anúncio da vencedora, também foram revelados os vencedores da melhor torcida (Curê), do melhor show (Schtena) e do melhor desfile (Curê). Também foram distribuídas medalhas para os gincaneiros destaque: Eduardo Kich (Lost), Levi Samuel Marostega (Vem Cô Chico), Rafael Kuhn (Curê) e Igor Roveda (Schtena).

A equipe Schtena foi a campeã da 4ª edição da gincana (Divulgação)

Texto: Gabriela Hautrive
reportagem@independente.com.br

 

1 comentário

  1. Que triste este acontecido, sempre foi feito eventos ali é um ambiente aberto,Arroio nunca tem quase nada e quando tem prejudicam, concordo com o Prefreito Danilo ,podiam ter avisado antes de montar os palcos, coitados dos organizadores da gincana, dinheiro foi para lixo, fora o esforço para deixar td bonito ficou feio para a Pessoa q fez a denúncia ..Parabéns a tds envolvidos, a gincada tava milll..e Deus colaborou mandando um sol lindooo…Gratidão 🌞 🌞…

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui