Deolí Gräff recebe título de imortal da Academia Luso-Brasileira de Letras do Rio Grande do Sul

Interesse pelos livros vem desde a juventude


0
Escritor Deolí Gräff (Foto: Tiago Silva)

Recentemente, Deolí Gräff foi agraciado com o título de escritor imortal da Academia Luso-Brasileira de Letras do Rio Grande do Sul (ALBL). A Academia não possui um limite de membros como as demais entidades da área e convida quem se destaca no contexto literário de sua região.

A ALBL tem uma sede em Porto Alegre, que conta com biblioteca própria, mas não promove atividades periódicas. A academia tem como característica principal publicar antologias para dar destaque aos membros do grupo.

O escritor, que preside a Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat), conta que sempre teve muito interesse pelo conhecimento e pela busca de informações. “Na época do internato eu atuava como bibliotecário para poder ficar na biblioteca e ter mais tempo para ler e fazer anotações”, destaca Gräff

Atualmente, a Alivat possui 32 imortais e está projetando a seleção de novos membros. Os candidatos devem ser indicados por um escritor acadêmico, passam por um processo de seleção, e por uma assembleia com os atuais membros.

Para o mês de agosto, a Alivat pretende lançar cerca de 25 obras de autores locais durante a Feira do Livro de Lajeado. “Nunca na historia da humanidade se leu tanto quanto hoje, a questão é o conteúdo. O livro ainda é a fonte segura de informação”, ressalta Gräff.

Texto: Fernanda Kochhann
web@independente.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui