Depois de 7 anos, autor de atentados em Paris é condenado

Salah Abdelslam e outros 19 réus foram considerados culpados por terrorismo e assassinato, nos atentados que deixaram 130 mortos em novembro de 2015. Violência gerou cicatrizes profundas na sociedade francesa


0

Um tribunal do Palácio da Justiça de Paris, na França, condenou na quarta-feira 29 um grupo de 20 homens acusados pelas mortes de 130 pessoas em atentados terroristas na capital francesa, em novembro de 2015.

A casa de shows Bataclan, seis bares e restaurantes na região central e a área do entorno do Stade de France, o maior estádio de futebol de Paris, foram alvos de ataques coordenados com a utilização de bombas e armas de fogo.

O principal acusado, Salah Abdelslam, foi condenado à prisão perpétua por acusações de terrorismo, assassinato, e por integrar uma organização terrorista, afirmou o juiz Jean-Louis Périès.

Fonte: R7


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui