Deputados de Santa Catarina decidem dar continuidade ao processo de impeachment do governador do Estado

Em nota, o governador afirmou que lamenta a decisão da Assembleia.


0
Foto: Cristiano Estrela/Secom

Os deputados estaduais de Santa Catarina votaram pelo prosseguimento do processo de impeachment do governador do Estado, Carlos Moisés da Silva (PSL). A votação ocorreu em reunião extraordinária da Assembleia Legislativa na noite de quinta-feira (17). Foram 33 votos a favor do prosseguimento, seis contra e uma abstenção.

Apesar do resultado, o governador não foi afastado, pois ainda há outros passos no processo, como a comissão mista julgadora. A solicitação de afastamento dele e da vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido), foi oficializada em julho e aponta suspeita de crime de responsabilidade em aumento salarial dado aos procuradores do Estado em 2019. As defesas do governador e da vice negam que tenha havido crime de responsabilidade fiscal.

Em nota, o governador afirmou que lamenta a decisão da Assembleia. “A pressa com a qual o presidente do Parlamento estadual levou o tema a plenário revela tão somente os interesses políticos daqueles que buscam o poder para fins pessoais e não respeitam o voto dos catarinenses, atentando contra a democracia”. Segundo ele, “a ação se baseia em um frágil argumento que não tem justa causa legal e tampouco apresenta qualquer irregularidade praticada pelo governador, conforme já aferiram o Ministério Público Estadual e o Tribunal de Contas do Estado”.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui