Derretimento de geleira nos Alpes altera fronteira entre Suíça e Itália

Recuo da massa de gelo está forçando os países vizinhos a redesenhar seus territórios e a negociar região turística da divisa


0
Foto: Wikimédia

O derretimento de uma geleira nos Alpes borrou os limites entre Suíça e Itália, forçando os dois países a redesenhar suas fronteiras. Localizada na divisa entre as nações vizinhas, a Glaciar Theodul marcava o ponto em que a água de degelo formava um bacia que escorria para ambos os lados da montanha em direção a um país ou outro.

Contudo, o recuo da massa de gelo, provocado pelas mudanças climáticas, arrastou o divisor de águas em direção ao Rifugio Guide del Cervino, um albergue no topo da montanha Testa Grigia. O empreendimento está localizado numa área turística nos arredores de uma das maiores estações de esqui do mundo, e de uma estação de teleférico que está sendo construída.

Com a alteração do marco das fronteiras, a região, a cerca de 3.480 metros do nível do mar, é agora alvo de disputa entre Suíça e Itália. Quando o complexo foi construído, em 1984, ele estava inteiramente em território italiano. Após o derretimento da geleira, que perdeu quase um quarto de sua massa entre 1973 e 2010, a maior parte do alojamento, incluindo o restaurante, estão tecnicamente localizados no sul da Suíça.

Por enquanto, nos mapas oficiais da Suíça, a faixa de fronteira do país continua sendo uma linha tracejada ao passar pelo alojamento de esqui.

Fonte: Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui