Desastres climáticos afetaram diretamente 20.786 pessoas no Rio Grande do Sul em 2020

O número coloca o Estado na nona posição no ranking brasileiro


0
Foto: Pixabay / Ilustrativa

Ocorrências de desastres relacionados ao clima afetaram diretamente 20.786 pessoas no Rio Grande do Sul em 2020, taxa de 182 por 100 mil habitantes. O número coloca o Estado na nona posição no ranking brasileiro, com uma taxa pouco acima da média nacional, que foi de 178,4 pessoas afetadas a cada 100 mil habitantes.

A proporção no RS avançou em relação a 2019 (109,4 a cada 100 mil), mas registrou queda na comparação com o primeiro ano avaliado – 2015 –, quando chegou a 1.419,4 a cada 100 mil habitantes. Os dados sobre os impactos negativos causados pelas mudanças climáticas no RS e no Brasil, divulgados nesta sexta-feira (4), estão em um estudo produzido pelo Departamento de Economia e Estatística, vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do RS.

O levantamento faz um panorama sobre as metas fixadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) no chamado Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 13 – Ação Contra a Mudança Global do Clima.

Fonte: O Sul

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui