Deve chover entre 150 e 200 milímetros nas cabeceiras do Rio Taquari até quarta-feira, projeta hidrólogo

“Perspectiva de volumes bem elevados nos próximos dois dias, o que eleva o temor de repique das cheias”, destaca Pedro Camargo


0
Foto: Carolina Leipnitz

Deve chover entre 150 e 200 milímetros nas cabeceiras do Rio Taquari da tarde desta segunda-feira (17) até quarta-feira (19). A previsão é do meteorologista da Sala de Situação da Defesa Civil do RS, Pedro Camargo, em entrevista à Rádio Independente na tarde desta segunda. Conforme ele, o volume elevado levará a um repique da enchente, que já atinge o Vale do Taquari novamente deste este domingo (16), e que chegou à cota de 23,92m às 17h45 no Porto de Estrela.

Como o Taquari já estabilizou e está baixando na parte alta, é esperado que o nível também baixe nas próximas horas na região de Lajeado e Estrela. O problema são estas novas precipitações. A Defesa Civil do RS já trabalha com uma cota de 28 metros no repique da enchente.

“Perspectiva de volumes bem elevados nos próximos dois dias, o que eleva o temor de repique das cheias”, Camargo reconhece, ao concluir que deve se aproximar a novembro de 2023, quando o pico marcou 28,94 metros no porto. “Tem uma perspectiva de que isso possa ocorrer, sim.”

“A nossa previsão é que essas chuvas passem a ocorra mais para o leste do Estado, no decorrer da noite, principalmente amanhã e na quarta-feira, dia 19”, explica.

“A gente está trabalhando com volumes de até 150 milímetros pontualmente, podendo chegar a quase 200 milímetros, mas é uma coisa mais pontual, na região que pega as cabeceiras do Rio Taquari. Isso é o maior problema na questão de uma resposta hidrológica”, admite.

Texto: Tiago Silva
[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui