Dezembro começa com alerta para temporais no RS

Entre a quarta-feira (2) e quinta-feira (3), a MetSul sinaliza para ventos fortes e raios.


0

O mês de dezembro deve manter padrão mais favorável de chuva na Metade Norte do Rio Grande do Sul, onde se concentra a maior parte da produção de soja e milho do Estado. Os modelos, em geral, indicam precipitação próxima ou acima da média.

A temperatura tende a ficar perto ou um pouco acima da média na maior parte do Rio Grande do Sul em dezembro. Haverá dias de forte a intenso calor, sobretudo na segunda quinzena, porém não deve ser a regra do mês todo.

Nesta quarta-feira (2), no decorrer da tarde a nebulosidade se intensifica e com isso, as condições ficam novamente favoráveis para algumas pancadas de chuva, com chance de temporais localizados. A tarde será de muito aquecimento nas cidades do Vale do Taquari.

Na quinta-feira (3), as instabilidades se deslocam pelo território gaúcho e conferem um dia com nebulosidade variável e pancadas de chuva. Não se afasta o risco de vento e raios. As temperaturas apresentam pouca oscilação.

Gafanhotos estão na fronteira do Rio Grande do Sul

A aproximação de uma nuvem de gafanhotos colocou em alerta o Rio Grande do Sul no inverno. Agora, com o tempo seco e quente, e a estiagem das últimas semanas, uma nova ocorrência de gafanhotos deixa o estado gaúcho em atenção. E desta vez os gafanhotos estão mais perto da nossa fronteira.

Gafanhotos foram observados perto da fronteira com Porto Xavier, no Noroeste gaúcho, nas localidades argentinas de Itacaruaré e Campo Vieira, na província de Misiones. Os gafanhotos são da espécie Chromacris speciosa, que têm se alimentado de mata nativa, plantas daninhas e erva-mate, eles têm baixa mobilidade.

A Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul afirma que há menos motivo para preocupações, embora a vigilância continue em alerta com a proximidade dos insetos da Fronteira Oeste.

Fonte: MetSul


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui