Dezenas de tartarugas são encontradas esfaqueadas em ilha no Japão

Polícia está investigando alegações de crueldade contra animais e enviou equipe a Kumejima


0
Foto: Wikimédia

Pelo menos 30 tartarugas-verdes foram encontradas mortas em uma praia da remota ilha de Kumejima, no Japão, a maioria delas esfaqueadas no pescoço. A descoberta foi feita por moradores locais depois que a maré baixa revelou os corpos e um pescador admitiu ter ferido os animais para removê-los das redes de pesca. O operador de pesca, que não foi identificado, afirmou: “Eu tirei algumas delas das redes e as soltei no mar, mas não consegui libertar as pesadas, então as esfaqueei para me livrar delas”.

De acordo com a imprensa japonesa, a polícia está investigando alegações de crueldade contra animais e enviou uma equipe à ilha, porém ainda não está claro se alguma ação foi tomada. Além dos cortes nos pescoços, algumas também receberam cortes nas nadadeiras, segundo biólogos marinhos que foram até o local. “Eu nunca vi nada assim antes. É muito difícil processar isso”, disse um funcionário do Museu de Tartarugas Marinhas ao jornal japonês.

As tartarugas-verdes estão classificadas como uma espécie ameaçada de extinção pelas autoridades do Japão e por grupos de conservação. Elas são conhecidas por frequentar os leitos de algas marinhas de Kumejima, uma das pequenas ilhas a cerca de 2.000 km ao sul do continente japonês, onde também existem esforços ativos de conservação.

Fonte: Veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui