Dia 29 de outubro é dedicado às flores

A flor é o órgão reprodutivo das plantas “Angiospermas”, quem se lembra de suas partes das aulas de ciências e botânica. Descobertas de fósseis indicam que as rosas já estavam na terra há mais de 25 milhões de anos. Já bem antes de nós aparecermos. Leia a coluna do engenheiro agrônomo Nilo Cotez.


0

A flor é o órgão reprodutivo das plantas “Angiospermas”, quem se lembra de suas partes das aulas de ciências e botânica. Descobertas de fósseis indicam que as rosas já estavam na terra há mais de 25 milhões de anos. Já bem antes de nós aparecermos.

Existem mais de 300.000 espécies de flores e a grande maioria não causa problemas. Mas, sempre a regra tem lá sua exceção, algumas são tóxicas para humanos e animais.

Os maiores produtores mundiais são a Índia, China, União Europeia (Holanda, Itália, Alemanha…), EUA, Japão e México. A Holanda é reconhecida por suas plantações de tulipas e os 1500 produtores exportam anualmente 8,5 bilhões de bulbos.

Na América o destaque é o Equador líder mundial na exportação de flores com 140 mil toneladas tendo seu principal mercado os EUA, Europa e Rússia. A China vem se destacando exportando 14.300 t principalmente para os EUA só para o dia dos namorados lá é o Dia de São Valentim 14 de fevereiro. Só o Brasil comemora 12 de junho.

A Colômbia é a segunda maior exportadora com 35 mil toneladas, e vem de lá rosas até Lajeado.

No Brasil a produção de flores se concentra em São Paulo responsável por 62,3% das exportações. Mas, isto representa apenas 1% mesmo assim estamos entre os 15 maiores produtores. São cultivadas 2500 espécies e 17.500 variedades em 15.600 hectares.

Seguidos de Minas Gerais e RS. O censo de 2017 diz que 16 mil propriedades trabalham com floricultura no Brasil. O gasto médio na compra de flores de R$42,00 por capita.

O RS compra de São Paulo 70% de suas necessidades. Se destacam como região produtora no estado Ivoti, Pareci Novo e aqui no Vale, Santa Clara do Sul vem crescendo na atividade.

São basicamente pequenos produtores com área média entre 1 e 2 hectares.

Área própria 89% e 11% arrendada. Mão de obra familiar principalmente, mas gera um bom número de contratados nas épocas de plantio e safra. Em pesquisa recente, dados acumulativos de categorias, 45% se dedicam flores e folhagens de corte, 45% mudas de flores e plantas de jardim, 31% plantas envazadas e 8% outras atividades, entre elas a produção de leivas.

Dados publicados no jornal informa que a pandemia fez seu estrago no setor também. Com o cancelamento de eventos houve forte redução (até 90%) na comercialização e resultou na demissão de 40% da mão de obra.

Como curiosidade a menor flor do mundo é a do “ Galinsoga porvifora” do picão branco erva daninha originária do Peru, com 1 milímetro. Já a maior flor é a “Amorphophalus titanum” conhecida como flor-cadáver pelo mau cheiro que exala para atrair insetos polinizadores. Chega a 3 metros e pode pesar 75 kg e só floresce a cada 6ª a 8 anos se encontra na Indonésia e suas ilhas. Outra que é curiosa ‘Corypha umbraculifera” que leva 80 anos para florir.

A orquídea muito dada de presente representa respeito, carinho e grande prestigio. São 35000 espécies no mundo e no Brasil 3500. O tempero baunilha é obtido de uma orquídea “ Vanilla ssp”.

Você sabia que a margarida, girassol e crisântemo não são flores? São sim várias pequenas flores uma ao lado da outra “enfeitadas de falsas pétalas” para atrair insetos polinizadores. Use uma lupa e vai ver como são bonitinhas. Usando a internet com o nome científico citados poderá ver as flores.


DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui