Diretor do HBB descarta organização de hospitais de campanha para atendimentos à Covid na região

Conforme Cristiano Dickel, esses centros de saúde servem apenas para leitos clínicos, e não UTIs.


1
Cristiano Dickel, diretor-executivo do Hospital Bruno Born (Foto: Jonas de Siqueira)

O diretor-executivo do Hospital Bruno Born (HBB), Cristiano Dickel, falou sobre os esforços da casa de saúde para se adequar à alta demanda de atendimentos de Covid-19 e ocupação de leitos de UTI para pacientes com a doença causada pelo novo coronavírus.


ouça a entrevista

 


Uma das alternativas aventadas à superocupação são os chamados hospitais de campanha, centros de assistência médica construídos durante emergências de saúde pública.

Em Lajeado e para o Vale do Taquari, Dickel descartou a ideia. “Esses hospitais de campanha não funcionam. Hospitais de campanha são para pacientes extremamente com casos leves, para leitos clínicos. Leitos clínicos não está faltando no Vale do Taquari. Nós não estamos com leitos clínicos ocupados. A taxa de ocupação é baixa. Não é aí que está o nosso problema; o nosso problema está em leitos de UTI”, explica.

“Hoje, montar um hospital de campanha não se viabiliza, porque vai ter problemas de abastecimento, problema de falta de oxigênio, vai ter falta de mão de obra, problema com equipamentos”, elenca o gestor.

O diretor ressalta que, caso o Hospital Bruno Born tenha maior procura desse tipo de leito, os pacientes podem ser encaminhados para leitos clínicos em outras casas de saúde da região.

Texto: Tiago Silva
web@independente.com.br

1 comentário

  1. Ano passado foi noticiado em muitos jornais e bem falado dos 40 leitos que a Univates teria, e que seria muito melhor que hospitais de campanha, já que a mesma tem os leitos . Hoje não é mais viável? O que mudou?
    “Uma parceria do Hospital Bruno Born com a Universidade do Vale do Taquari (Univates) e a prefeitura de Lajeado, no Vale do Taquari, disponibilizará 40 leitos de retaguarda para atender pacientes com coronavírus. O espaço, montado na universidade, funcionará como extensão do hospital e atenderá casos mais leves da doença.”
    https://gauchazh.clicrbs.com.br/coronavirus-servico/noticia/2020/04/lajeado-tera-40-leitos-de-retaguarda-em-universidade-ck91w7r0d00fw014qxmi0w8ho.html?fbclid=IwAR1fb2WR9oyRO5YiRPxp2R-FesyvIUh-Xg7uAwtKjj-_2Q2q5HPTZHVGwrw

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Por favor, coloque o seu nome aqui